• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
Última hora. Coreia do Norte lançou míssil sobre o Japão
Outros Mundos

Última hora. Coreia do Norte lançou míssil sobre o Japão

Pyongyang efectuou às 19h57 (hora de Cabo Verde) desta segunda-feira, 28, testes de mais um míssil balístico, que sobrevoou o Japão. Tóquio já confirmou a notícia, pedindo aos habitantes do Norte do país a se abrigarem.

A Coreia do Norte realizou esta segunda-feira, 28, o teste de mais um míssil balístico, tendo o engenho atravessado o norte do Japão, confirmou o governo nipónico há instantes. O míssil ter-se-á partido em três quando estava em espaço aéreo japonês. O disparo foi detectado pelas forças armadas da Coreia do Norte às 05:57 locais (19:57 na Praia).

Segundo a emissora japonesa NHK, as autoridades japonesas alertaram a população para o sucedido, aconselhando a que as pessoas se mantivessem abrigadas, mas não foram registados quaisquer danos. O governo japonês informou ainda que não foi feita qualquer tentativa para abater o míssil, segundo a BBC.

Este é mais um teste de armamento do regime de Pyongyang, após no sábado ter disparado para o mar três mísseis de curto alcance. Também esta segunda-feira o presidente morte.coreano, Kim Jong-un ameaçou "afundar todo o território" dos Estados Unidos, caso a administração de Donald Trump decidir invadir o país asiático, no âmbito das tensões permanentes entre as duas partes.

O regime de Kim Jong-un lançou a ameaça através dos meios oficiais, fazendo-a coincidir com o Dia Nacional do Exército Naval e depois de ter avançado, no sábado, com um mais um teste de mísseis balísticos de curto alcance que cairam no nar do Japão.

"As invencíveis forças navais (norte-coreanas) estão unidas na sua determinação de afundar a totalidade dos Estados Unidos, se esse país trouxer nuvens de guerra ou de agressão ao nosso território", segundo um texto publicado no jornal Rodong Sinmun, por ocasião da celebração dos 68 anos do ramo naval do exército.

No diário oficial do Partido dos Trabalhadores também se lê que o país "é agora capaz de apunhalar as costas da Coreia do Sul e dos Estados Unidos com o punhal da destruição quando o desejar", graças à tecnologia de misseis balísticos lançados a partir de submarinos, testada em abril do ano passado.

O último teste norte-coreano de misseis aconteceu no sábado, quando Pyongyang lançou três projeteis balísticos de curto alcance no mar do Japão, depois de um mês de silêncio balístico e depois de uma escalada de tensão entre os dois países.

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!