• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
Santiago Norte: Delegado do ICCA “preocupado” com casos de abuso e violência sexual contra crianças
Sociedade

Santiago Norte: Delegado do ICCA “preocupado” com casos de abuso e violência sexual contra crianças

O delegado do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), José Maria, revelou hoje “preocupação” com os casos de violência e abuso sexual contra crianças na região Santiago Norte.

Este responsável falava à imprensa no final de uma alvorada que percorreu as diversas artérias da cidade de Assomada, explicando que esta actividade teve como objectivo fazer uma chamada de atenção para os direitos das crianças, neste dia que se assinala o Dia Mundial da Criança.

Realçou que mesmo que Cabo Verde não tem guerra, os males sociais “são uma realidade no país” e muitas crianças vêm os seus direitos violados.

Sobre as preocupações no que diz respeito aos direitos das crianças na região, relembrou que os municípios são dispersos e há presença de muitos males sociais, mas o que predomina nesse momento é um “aumento” das denúncias de abuso sexual.

Sobre este “aumento”, explicou que os casos sempre existiram, mas que, neste momento, as pessoas já estão mais sensibilizadas e conscientes sobre a importância de fazer denúncia em situações do tipo, enaltecendo o valor que a linha 800 10 20 tem tido nesse processo.

Entretanto, ressaltou que o que tem constituído uma preocupação maior são os casos que acontecem no seio familiar, onde muitas vezes os pais não fazem a denúncia, reforçando que o ICCA “não vai baixar a guarda”.

Reforçou que o abuso sexual ou qualquer outro mau trato é um crime público e qualquer pessoa pode fazer a denúncia.

Questionado sobre o número de casos de denúncias registradas, a mesma fonte não precisou um número, mas disse que nos últimos dias receberam denúncias de casos no município do Tarrafal e mesmo de Santa Catarina, onde, neste último, ocorreram dois casos que considera “situações mais preocupantes”.

Mas, o município do Tarrafal, conforme disse José Maria, tem constituído o município “mais preocupante” para a delegação, principalmente na localidade de Chão Bom.

Por isso, em 2025, aludiu, a ideia é abrir um Centro Dia no município para responder às necessidades.

Também parceiro e presente na marcha, o delegado do Ministério da Educação em Santa Catarina, Manuel do Rosário, disse que a maior preocupação de todas as instituições é trabalhar na defesa e na protecção dos direitos das crianças, com foco em combater os males que afligem os mais pequenos.

No mundo estudantil indicou que a maior preocupação no momento tem sido a desestruturação das famílias, tendo em conta a onda da emigração, associado ao álcool que acaba por mexer com os direitos das crianças, mas que as instituições têm vindo a trabalhar em estreita ligação para tentar resolver essas situações.

Além dessa alvorada, o Dia Mundial da Criança vai ser assinalada com diversas actividades na praça central de Assomada.

Em São Salvador do Mundo, encontra-se agendada um leque de actividades, assim como em Santa Cruz onde vai decorrer a final do concurso do “Tudu Kriansa Kanta”.

No Tarrafal também vai decorrer a final do concurso musical infantil, “The Voice Kids”, e nos restantes municípios estão programadas actividades de diversas índoles para proporcionar às crianças “momentos de diversão e alegria”. 

Partilhe esta notícia