Pub
Por: Yannick Frederico

Yannik Frederico Colunista

Faremos neste texto uma exposição panorâmica da trajetória nociva das asas da companhia Transportes Interilhas de Cabo Verde. Neste artigo não há, e nem pode haver, qualquer pretensão de neutralidade. Sobre a conveniência e a hipocrisia de se apresentar como neutro, há muito Dante nos ensinou, na Divina Comédia: "No inferno os lugares mais quentes são reservados àqueles que escolheram a neutralidade em tempo de crise."

E como não concorremos a nenhum cargo político burguês, não carregamos o fardo de ser um candidato a "bom rapaz". Nosso compromisso aqui, é oferecer todo conhecimento teórico, cultural e social ao nosso alcance, às mãos da classe trabalhadora cabo-verdiana.

Dito isso, voltemos ao nosso tema.

Há um pássaro com o ninho na Europa, que insiste em fazer de Cabo Verde o pouso das suas misérias. A epopeia binteriana repleta de dissabores no arquipélago, iniciou-se no ano de 2014, e até o presente momento, ela aterrissou mais problemas do que pretendia fazer voar.

Esta empresa construída nos moldes dos mandamentos neoliberais, do qual grande parte dos nobres deputados têm uma consideração cega, possui um único acionista.

A saber, a empresa: Apoyo Y Logistica Industrial Canária, Sociedade Limitada. Mas a companhia é "100% cabo-verdiana", fazem questão de nos dizer, os amanuenses do Capital.

O ano de 2017 foi emblemático para a Binter Cabo Verde. Neste ano, a TACV seguindo os ditames burgueses do processo da privatização, saiu do mercado doméstico e passou o cetro dos voos inter-ilhas para a Binter Cabo Verde, que passou a reinar sob os céus cabo-verdianos.

Vejamos qual foi o resultado desta aventura.

Maio de 2018, um cidadão da República é baleado e esfaqueado na Boa Vista, em decorrência deste evento, a evacuação se torna necessária, já que a centralização nunca ofereceu recursos suficientes para a emancipação das ilhas periféricas.

Pede-se auxílio à Binter. Em face desta situação delicada, a Binter nega auxílio ao paciente cabo-verdiano ferido.

Junho de 2018, visitemos uma vez mais a ilha da Boa Vista. Esta ilha conheceu uma cidadã, uma proletária guerreira de 30 anos, que trazia dentro de si, o tesouro de uma outra vida humana. O nome dela é Eloisa Teixeira. A gravidez é ectópica, o estado complica-se, evacuar é preciso. E mais uma vez, a prestativa Binter, não prestou auxílio. A jovem que desejava gerar a vida, teve a sua própria vida extinguida, no dia 23 de junho de 2018.

Em agosto de 2019, época que a Cabo Verde Airlines entra novamente no mercado doméstico, a Binter Cabo Verde troca de nome para Transporte Interilhas de Cabo Verde. É a vergonha constrangida, simulando redenção.

Novembro de 2019, voltemos para uma outra ilha periférica. Os operadores turísticos da ilha do Maio se mostram abertamente descontentes com o novo plano de voo da mesmíssima companhia. Deixaremos de recado, apenas as palavras de um operador: “Desde que estamos a operar na ilha este é o pior ano por esta altura comparando com os anos anteriores(...)".

Janeiro de 2020, Sua Excelência, ex Ministro dos Transportes e do Turismo, José Gonçalves, admitiu num tom sereno que até a presente data, o governo não detinha sequer 30% desta companhia aérea. No entanto, o ex Ministro acredita que a empresa será "cada vez mais cabo-verdiana".

Será preciso lembrar aos governantes que para governar, não basta crer, e sim fazer?

O senhor José Gonçalves deixou o ministério dois dias depois de proferir estas palavras. Sendo empossado como novo Ministro dos Transportes, Sua Excelência, Carlos Jorge Santos. O governo seguindo o instinto neoliberal, acreditou ser a Binter Cabo Verde, um Da Vinci que pintaria com linhas tênues a abóbada celeste cabo-verdiana, mas defrontou-se, com um assombroso Picasso aéreo.

Março de 2020, o governo é questionado sobre as contas da Binter Cabo Verde, à luz das suspeitas da Direção Nacional de Receitas do Estado, e da Agência de Aviação Civil. O povo crioulo almejava uma explicação. Entretanto, ouviu uma advertência desfalecida, pregada pela boca do Bispo ministerial, Sua Excelência, Carlos Jorge Santos: “Obviamente que nós não podemos diabolizar a empresa, só por ser uma empresa estrangeira. É uma empresa de direito cabo-verdiano [TICV], mas cujos acionistas são estrangeiros."

Sem desenvoltura política, o Governo em concordância com a política neoliberal, aceita os desmandos da empresa como um fato consumado. Agindo à moda de um Pilatos estatal, lava as suas mãos perante as arbitrariedades da empresa privada. A caixa preta da impotência vê-se encontrada no bojo da política burguesa. Acomodados no hangar parlamentar, se contentam a ver a despressurização da classe trabalhadora cabo-verdiana. Ícaro caiu, porque voou perto demais do Sol. Cabo Verde despencou, porque decolou junto aos anais da Binter.

O que será mais preciso para que nos indignemos? Será que o descaso, a morte e o saque nos manterá indiferentes? É esta a República que queremos? Esta mesma República legaremos aos nossos filhos? Será sempre drenado pelas mãos do Estado burguês o suor e o sangue do trabalhador cabo-verdiano para o estrangeiro, em forma de juros e lucros?

O talento raro dos políticos da ordem, para inércia diante do Capital, é de arrepiar. "Obviamente"!, que não queremos "diabolizar" esta empresa. Ela já é, um autêntico anjo caído, um Lúcifer dos ares reconhecido. O que queremos, Vossa Excelência, é exorcizá-la!

Fica portanto, manifesto: A incompetência em Cabo Verde, possui endereço, profissão, veste terno, é paga pelo Estado e tem voz no Parlamento.

Março, 2020

Comentários  

+4 # Yannick Frederico 21-03-2020 16:17
Meu caro aluno, correções:

Ao invés de: "ou o senhor pára de fumar, ou vamos ter de o interná-lo."
Ficaria:"Ou o senhor para de fumar, ou vamos ter de interná-lo."

Longe de ser: "o senhor anda cá a brigar com a sua própria fanstama."
Seria: "o senhor anda cá a brigar com o seu próprio fantasma:

Ao contrário de: "Procura médico, agora é sério!"
Melhor estaria: "Procura um médico, agora é sério!"

Corrigida a forma bovina do discurso, tratemos agora de corrigir o seu teor bovino meu caro aluno.
Começo por desafiar a Vossa Bovindade, a encontrar em todo o meu discurso qualquer menção ou referência sobre o desaparecimento ou aniquilação do liberalismo. O que eu disse foi: "Vejo que o senhor confunde o Liberalismo com o Neoliberalismo, usando-os indistintamente, por não saber o que realmente são."
Como este era todo o cerne do seu mugido, termina aqui a correção do seu conteúdo.

Agora, considerações:
De minha parte, agradeço os cuidado pela minha saúde meu caro, mas como o senhor pode bem constatar, mesmo com essa mente desequilibrada, ela continua a funcionar a anos luz da sua, que é bovinamente saudável.

Posto isso, termino aqui a minha fala com o senhor, e com os próximos comentários. O que remete dizer, que o senhor agora é livre para pastar o quanto quiser.
Hasta la vista!
Responder
-6 # João Paulo Ferreira 21-03-2020 10:31
Senhor "dador de aulas" : ou o senhor pára de fumar, ou vamos ter de o interná-lo. Se o liberalismo desapareceu há tanto tempo, o senhor anda cá a brigar com a sua própria fanstama. Procura médico, agora é sério!
Responder
+6 # Litxa 20-03-2020 21:16
João Paulo Ferreira garoto atrevido e louco sta dau Bari mesa, ka dau burgonha, pateta.

Ti inda, dez ki bu sta skrebi nada bu ka fla, " só padja" ki fari argumenta. També paxenxa, djó baka djó
Responder
+5 # Yannick Frederico 20-03-2020 18:02
"É preciso muita paciência, uma dose bovina de humor para aturar a esquerdopatia crioula."
Já suspeitava que havia algum grau de parentesco com quadrúpedes, mas eu ignorava que vinha da espécie bovina. Está explicado o interesse pela palha, através da sua "dose bovina de humor".

"O liberalismo é problemas, seu bobo!"
É esta a dose bovina que nutre o seu raciocínio? Nem preciso encontrar argumentos, o senhor mesmo se refuta.
Só tenho a dizer obrigado por concordar comigo.
Defenitivamente, o liberalismo é problemas.
Mas acho q o senhor queria dizer neoliberalismo. Mas deixemos como está, afinal os "problemas" persistem.
Segundo o senhor, devemos aceitar esses "problemas", que são de modo mais preciso: Fome, Desigualdade Social, falta de Habitação, Exploração, Desemprego e Mortes.
O senhor trata desses "problemas" como se fossem uma falha técnica que ocasionalmente ocorrem. Triste ilusão.
Ainda segundo o senhor, diante desses "problemas" não devemos criticar, porque logo ouviremos os lamúrios chorosos dizendo: "O liberalismo é problemas, seu bobo!"
Melhor comédia não há.
É realmente uma dose bovina de humor.
Meus sinceros aplausos.

Caso sinta maiores dificuldades em expressar o seu "humor" podemos sair deste tema e nos transladar para a área da Zoologia, onde o seu humor certamente estará mais avontade.
Boa sexta camarada!
Responder
+6 # Yannick Frederico 20-03-2020 13:33
"Vamos, só por momentos, admitir que Binter falhou. Ter problemas todos têm", o que o senhor apelida de falhas, eu chamo de morte. Deixar uma pessoa grávida morrer não é uma "falha". O senhor fala como se Binter fez um exercício incorreto no quadro que basta apagar e fazer novamente. Tais eufemismos com a morte de uma alma, são dignas de um patife. Tem tanto na boca ditadores q se tornou tão insensível quanto eles.

O senhor deve colidir com jovens como eu, sabe porquê? Porque o senhor é a personificação de todo esse conservadorismo que se apresenta como progressista mas é averso a qualquer mudança real na sociedade.
Deve colidir comigo, porque o senhor é a representação do todo esse desejo de fazer a manutenção, de toda caduquice que impregna o arquipélago.
Deve colidir comigo sim, porque aceita tudo dado, acredita que tudo sempre foi assim e sempre será assim, não reconhece a mudança.
Deve colidir comigo, porque tudo o que faz é latir, um homem que é só raiva e nenhuma coragem, que é apenas revolta sem vestígios de Revolução.
Responder
+6 # Yannick Frederico 20-03-2020 12:58
Meu caro aluno, o Liberalismo falhou desde que nasceu, tendo como único mérito a abolição da sociedade feudal, implementando a sociedade burguesa. E o neoliberalismo falha todos os dias até hoje. Vejo que o senhor confunde o Liberalismo com o Neoliberalismo, usando-os indistintamente, por não saber o que realmente são.


O liberalismo falhou desde que nasceu, já no primórdio dos seus dias estava vinculado a uma violência brutal, tendo trabalhadores trabalhando 18horas por dia, crianças trabalhando e sendo chicoteadas pelo capaz de fábricas. Se o senhor não conheceu este cenário horrendo, deve-o a Esquerda. Se o senhor e os seus trabalham 8horas por dia deve-o a luta da Esquerda. Se o senhor e consortes, usufruem de um sindicato hoje, deve-o a Esquerda.


A Esquerda não começou na Rússia e nem terminou na Cuba como recomenda a sua santa ignorância.
Foi provado por Sismondi(consigo sequer vou usar Marx) no livro Novos Principios de Economia Poliítica em 1819!, que a livre concorrência entre cor[censurado]ções incentiva sempre as empresas reduzirem os custos, o que leva sempre a diminuição dos sálarios da classe trabalhadora, ou mantendo-a no nivel mínimo, trazendo assim a pauperização. Quando essa pauperização está no seu auge, acontece uma crise, pois os trabalhadores não conseguem comprar aquilo que produziram. A crise no capitalismo é de superprodução, a primeira se deu em 1825, entendeu aluno?!
A expectativa de vida dos trabalhadores era de 45 anos, raramente chegando aos 60. Se o senhor tem hoje maior expextativa de vida, pague tributo à Esquerda.


Agora falemos sobre o bom neoliberalismo pelo qual o senhor morre de amores. Em que países falharam? Terei o maior prazer em responder.
Em primeiro lugar no Estados Unidos, que a direita delira e tem muita devoção, e sequer tocarei na Grande Depressão. Lá o neoliberalismo falhou quando promoveu a desregulamentação da economia visando lucros, sempre visando lucros. O grande banco Lehman Brothers faliu, precipitando a crise global que nos assola até hoje. Está aí, o sucesso que é o neoliberalismo meu caro aluno.
No Brasil, a empresa Vale, uma das maiores do mundo em Mineração,igonorando os avisos de estudos sobre a barragem, visando lucros, não realizou a reformas da mesma, deixando a barragem romper, matando pessoas e inundando cidades, provocando um sério risco ambiental. Essa culpa meu caro aluno, a Esquerda não tem.
Índia, com as Zonas Económicas Especias, não foram respeitados os direitos das gestantes. Tendo Mulheres demitidas no quarto mês de gravidez. Olhe o seu amado neoliberalismo dando certo.


E sobre a Cuba este odioso país, que o senhor devia lavar a boca duas vezes para falar, é o lider na saúde em termos mundiais, não somente eu o digo, mas a Organização Mundial da Saúde, que tem a mesma opinião deste desequilibrado mental aqui. Sabia que Cuba ajudou a Inglaterra cuidando dos passageiros no Cruzeiro com Corona Virus? Claro que não sabia. Senão não diria tanta bárbaridades. Respeite a Esquerda camarada.
Responder
-6 # João Paulo Ferreira 20-03-2020 09:32
É preciso muita paciência, uma dose bovina de humor para aturar a esquerdopatia crioula. Vamos, só por momentos, admitir que Binter falhou. Ter problemas todos têm, inclusivamente este garoto os tem em abundância. Só não os admite, e é por isso, tratado por uma espécie de inimputável social. Ora bem, os problemas da Binter seriam suficientes para evidenciar de algum modo, que o neoliberalismo económico também falhou? Dê-me exemplo de um único país de economia liberal no Ocidente que "acabou" por causa do liberalismo económico, e, por outro lado, o exemplo de um único país socialista que prosperou. O liberalismo é problemas, seu bobo! Porque ele encara o homem e seus problema. No vosso arranjo "socialismo", vocês admitem que um partido, força luz e guia elimina os problemas e as contradições económicas, sociais e políticas e outros. Puro engano! Vá pra Cuba, seus problemas acabam. Só na cabeça de loucos como este garoto. Não há, entre os países avançados, com ou sem problemas económicos, mesmos aqueles que em democracia, são dirigidos por partidos de esquerda, em que as suas economias são de base ou orientação socialista. Em todo o Ocidente vigora (e ainda bem!) a economia de mercado, liberal. Todo o resto é balela de idiotas. Então, os problemas com Swissar, Austrian Airlines que levou a sua aquisição pela Lufthansa denunciam de alguma forma o fracasso de liberalismo ou do neoliberalismo? Não! Va te catar, sujeitinho atrevido.
Responder
-6 # João Paulo Ferreira 20-03-2020 08:40
Oh meu, tu és muito engraçado mesmo, tal como todo "cientista político de esquerda".Tinha eu decidido dar-te um fora. Porém, descobri que, afinal, é muito divertido brincar com loucos e desequilibrados mentais. E mais, tuas loucuras são apimentadas como doses burrices, e, nos tempos que correm...porque não?
Responder
+6 # Yannick Frederico 19-03-2020 21:32
A santa Ignorância que abençoa os senhores, é realmente generosa. O facto do senhor mencionar Stalin demostra a sua ignorância colossal sobre o que é a Esquerda. Ou o senhor por ser de direita é amante de Hitler?
No terreno da Binter como é incapaz de refutar, sequer uma linha do artigo que escrevi, teve que mudar de terreno o debate, se choramingando sobre a Esquerda.
Meu nobre mentecapto, o senhor entrou no meu terreno favorito, e hj lhe farei sentir o peso da sua ignorância, meu caro aluno. As verdades que o senhor e consortes, engolirão hoje, talvez dissipem um pouco o bolor que lhes corrói o cérebro e lhes faz passar tantas vergonhas desnecessárias.
Os senhores acham que conhecem a Esquerda?! Vou lhes dar um cheirinho do calibre das pessoas que compõe a Esquerda, pessoas para o qual os senhores não são nada, absolutamente nada!
A saber, tenho do meu lado "esquerdo": Pablo Neruda, Mia Couto, Oscar Niemeyer, Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso, Pablo Picasso, Jean Paul Satre, Charles Chaplin, Simone de Beauvoir, Eduardo Galeano, Dalton Trumbo, Victor Hugo, Dostoiévski, Frida Khalo, e Albert Einstein!
Aproveito para recomendar aos senhores uma palha boa, um texto do génio Albert Einstein, intitulado "Por que Socialismo?" E desafio os senhores a lerem. E para que não haja desculpas, aqui está o link direto para o texto alunos https://googleweblight.com/i?u=https://www.marxists.org/portugues/einstein/1949/05/socialismo.htm&hl=pt-BR
Responder
-6 # João Paulo Ferreira 19-03-2020 15:45
"E que sirva de aviso aos desocupados como o senhor: A Esquerda é o lado do coração, onde pulsa o sangue límpido!". Eu já duvidava. Só pode vir de desequilibrado mental. Os milhões que J. Staline mandou matar nos "gulags" russos, foi tudo por amor, no coração. https://super.abril.com.br/historia/o-holocausto-comunista/
https://www.bbc.com/portuguese/internacional-40982426
https://www1.folha.uol.com.br/fsp/1997/10/31/mundo/14.html
Responder
+4 # Yannick Frederico 19-03-2020 01:50
Ora, ora, temos mais um binteriano aqui! Que Glória! Muito prazer senhor Fernando Henrique! E chegou, seguindo a rigor a tradição de um mentecapto: Não conseguindo atacar o argumento, ataca-se o argumentador. É isso mesmo! Muito bem!
Entretanto, não pude deixar de notar, que tanto a sua pessoa, quanto a do senhor João Paulo entendem bastante de palha. Será pelo facto de degustarem-na no dia a dia? Acaso os senhores seriam sommeliers de palha? Estranho fetiche. Estariam com fome? Vê-se pela desnutrição das palavras.
Ah, mas não seja por isso! Como um bom debitador de palhas que sou, ofereço-vos este banquete e desejo-vos um bom apepite.
É isto que diríam meus caros, se tivéssem um pouco mais de espírito e de letras. Mas de espírito nunca tiveram um átomo, e letras só têm as que compõe esta palavra: parvo!
Cumprimentos meus aos seus colegas da direita, há sempre palha farta aqui, se o quiserem também.
E que sirva de aviso aos desocupados como o senhor: A Esquerda é o lado do coração, onde pulsa o sangue límpido!
Responder
-7 # Fernando Henrique 18-03-2020 22:19
"Intelegentinhos" da esquerda! Caramba. Cara manda um caminhão de palha e acha isso "dar aulas". Esses esquerdopatas, criticam a Binter por ser privada, mas comem em restaurantes privados, frequentam clínicas médicas privadas, criam jornais e rádios privados para detonar adversários, vão Estados Unidos se deslumbram com o capitalismo, mas Cabo Verde, tudo que é privado, é mau.
Responder
-6 # João Paulo Ferreira 17-03-2020 10:35
Prezado Senhor “dador de aulas”, passar bem! Continue a alimentar a manada em seu “Googlês” quase perfeito. Quem sabe, consegue ainda arrebanhar mais gado para a sua fileira. Comigo, certamente não pode contar. Por razões óbvias, o senhor é muito limitado, apesar de buscar aparentar o contrário. Veja só, caro senhor "dador de aulas" a quantidade de palha que consegue debitar neste pequeno espaço.
Responder
+8 # Yannick Frederico 16-03-2020 16:46
Senhor João Paulo Ferreira, meu prezado leitor. Boa tarde. Assim como o senhor, eu não escrevi de um com[censurado]dor o comentário, aliás sequer possuo um. Tudo que escrevi e foi publicado neste grande Magazine, devo-o ao com[censurado]dor e a boa disposição de grandes companheiros e companheiras. Fico feliz do senhor aceitar os seus erros. Reconhecer o erro é o primeiro passo para se corrigir. "Agora, há uma grande diferença entre o meu texto de comentário e o seu", eis uma frase q ambos concordamos. "Ainda não explicou, nem consegue certamente, a partir do caso Binter, explicar o fracasso neoliberal." Nesta frase, entendi a tamanha confusão que o padeceu. O senhor não entendeu o título do artigo, daí porque haveria de entender o resto? Para fins didáticos, sem qualquer "presunção", vou-lhe explicar o título. É a Binter que constitui um fracasso neoliberal, e não apartir dela explicar o fracasso neoliberal. A Binter é consequência e não a causa. Quanto ao Google, me parece que lhe serviria melhor ao senhor do que a mim. A diferença, que eu levo muito à sério, razão pela qual não perdoarei equivocos, entre a sua posição e a minha, é que a sua posição defende a empresa que tem o sangue da Eloisa Teixeira nas costa, eu não carrego tal fardo. Portanto senhor João Paulo Ferreira, no próximo comentário, tente enriquecer o debate explicitando algum ponto débil nas minhas argumentações, fato que o senhor ainda não fez. Não se limite a berrar, seja consistente. E responderei de bom grado. Porque querelas imaturas tomam muito o meu tempo já pouco, e o meu "googles" possui muitas páginas a ser lidas.
Responder
-7 # João Paulo Ferreira 16-03-2020 13:28
Meu caro, antes de mais, eu não escrevi a partir de um com[censurado]dor ou laptop, daí os erros de grafia que aparecem no meu texto. Não tenho problemas nenhuns em aceitar os meus erros ortográficos. Agora, há uma grande diferença entre o meu texto de comentário e o seu "Googles", e nisso está a diferença. É verdade que a manada prefere o seu Googles, mas isso não é problema meu. Dar aulas, você é mesmo muito presunçoso. Com que então acha que pode ministrar aulas? Ah, aulas não se dão, ministram-se. Ainda não explicou, nem consegue certamente, a partir do caso Binter, explicar o fracasso neoliberal.
Responder
+8 # Kulundjulu575 14-03-2020 16:36
Excelente. O resto é ciumes e carneirismos dos sanguessugas e lambedores dos pdistas. Rstao com mefo do povo. Distorcem tudo. Protegem o pessoal da Binter e da Tacv /sem nome. Protegem tudo o que cheira negociata e dfinheiro sujo. Quando sairem do governo vao ganhar muita massa nas aguas, leites, sumos, nos binters , nos terrenos da Praia e Boavista.... alguns vao para o gabinete do mano branku e otros estarao nas empresecas que proliferam nas camaras municipais, na electra, no telecom, na ADS , aguas da Boavista, outras empresas fantasmas de fachada que dao pareceres ficticios, outros irao ajudar o Sr Zona com o seu Instituto, outros regressarao para Tecnicikil, .................a Niche voltara para nao executivo da Tecnicil..... ... certo que o comentarista de serviço joao paulo ferrera irá aproveitar de un pedaço de terreno bem pertinho do mar, para urbanizar e tirar algum tusto $........ e com o dinheirinho agora distribuido nas camaras farao muito, comprarao carros, vivendas de luxo, mulheres, importarao ferro, cimento e cinentarao bons negocios a custa destas costelas magras desse martirizado povo.Viva a liberalizacao selvatica com apoio do governo. povo...
Responder
+8 # Yannick Frederico 14-03-2020 16:11
Meu caro João Paulo Ferreira, na frase: "Enfim, em Cabo Verde quem estuda fica calado é cede o palco aos idiotas." A letra, é, não possui acento. Ficaria portanto, "Enfim, em Cabo Verde quem estuda fica calado e cede o palco aos idiotas."
Sobre o Liberalismo, ele tem três séculos e não 400 anos. Nasceu no séc.XVIII. Estude melhor o tema que pretende defender.
Sobre o socialismo, assunto pelo qual o meu caro tem muito a aprender, nasceu com Saint-Simon, Robert Owen e Fourier. E o socialismo científico, com Marx e Engels. Mas se a sua referência era sobre o Estado Proletário, a referência continua errada. O primeiro Estado Proletário se deu em 1870 na Comuna de París.
Sou amante de um bom debate, mas considero maçante ter que dar aulas a quem mal arranha os meus argumentos. Bom sábado, tome uma cerveja e estude camarada.
Responder
-13 # João Paulo Ferreira 14-03-2020 11:47
Oh meu caro, pelo menos deixe de falar asneiras. Pelo teu papo, ficamos a saber que afinal, nem sabe o que é o neoliberalismo, muito conhece o setor da aeronáutica. Enfim, em Cabo Verde quem estuda fica calado é cede o palco aos idiotas. Quer trazer de volta o socialismo ou a democracia nacional revolucionária para ver qual é a melhor opção? O liberalismo tem 400 anos e ainda resiste. O vosso socialismo nasceu com a revolução bolchevique e por acaso ainda fala dele? Tem saudades? Não tem problemas, vá a Cuba ou Venezuela.
Responder