• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Dívida pública de Cabo Verde nos 142,7% do PIB em janeiro

O ‘stock’ da dívida pública cabo-verdiana atingiu um recorde de 257.803 milhões de escudos (2.338 milhões de euros) em janeiro, equivalente a 142,7% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado pelo Governo para 2021, segundo dados oficiais.

Governação “Rabentola” em Santiago Norte. Onde estão os resultados? (IV)

Nunca é demais relembrar que nas eleições de 2016, Ulisses Correia e Silva, havia prometido alavancar a Região, concretamente com: 1) criação de um Parque Tecnológico de Agropecuária e 2) aumento da exportação para a mercado nacional e turístico. Os eleitores votaram porque acreditaram nessas promessas, que ele mesmo Ulisses transformou em compromissos logo na noite eleitoral, quando agradecia aos cabo-verdianos por terem acreditado nele e no seu MpD. Desde aquela noite, ninguém mais do sistema MpD falou do Parque Tecnológico de Agropecuária e muito menos do aumento da...

Primeiro-ministro nega que medidas tomadas com relação a Cabo Verde Airlines sejam lesivas ao Estado. Fala em salvação da empresa

O primeiro-ministro refutou hoje que as medidas tomadas com relação a Cabo Verde Airlines (CVA) sejam lesivas ao Estado, explicando que o Governo está mais uma vez a salvar a empresa como fez em 2016.

Covid-19. Menos 17.500 passageiros por dia nos autocarros em Cabo Verde

A pandemia tirou quase 17.500 passageiros por dia ao transporte público em autocarros em Cabo Verde durante o ano de 2020, recuando a procura a níveis anteriores a 2016, segundo dados do INE compilados hoje pela Lusa.

PAICV acusa Governo de continuar a “enterrar dinheiro” na empresa Cabo Verde Airlines

O secretário-geral do PAICV afirmou hoje que o Governo “continua a enterrar dinheiro” na Cabo Verde Airlines (CVA), enquanto o accionista maioritário estratégico continua “a não assumir quaquer responsabilidade ou risco” no negócio.  

Estradas da Ilha do Sal

Os cabo-verdianos votaram no MPD em 2016 porque disseram que tinham soluções para Cabo Verde, mas o que se tem verificado é um choro constante sobre os anos da governação do PAICV. Se fosse para votar e ouvir este choro, acredito que muitos teriam outro sentido de voto. A ideia de que todos os problemas são da responsabilidade do partido anterior, começa a ficar repetitivo. No final do mandato é momento de trocarmos de bengala.

Um peido em honra ao Tribunal de Contas de Cabo Verde!

O Tribunal de Contas é uma instituição inútil, pois não cumpre a sua missão, totalmente partidarizada, parece-me que o seu Presidente foi Presidente da Assembleia Municipal do Tarrafal de Santiago eleito nas listas do MpD; Os dirigentes são nomeados pelo Governo, portanto sem autonomia própria, para fiscalizar as contas do Governo Central e Local! Persegue quem não recebe nada do Estado e fecha os olhos aos desmandos da Câmara Municipal da Praia dirigida por Óscar Santos, atual Governador do Banco de Cabo Verde, que num único ano fez contratos de obras por ajuste direto no valor...