Pub

Paddy Cosgrave

O empreendedor irlandês e fundador do Web Summit, Paddy Cosgrave, estará em Cabo Verde partir do dia 10 de Fevereiro para uma visita de três dias a convite do primeiro-ministro, José Ulisses Correia e Silva.

Para além de participar no CV Next, que terá lugar no dia 12, na ilha do Sal, enquanto convidado especial, Paddy Cosgrave, considerado um dos nomes mais influentes do mundo no que toca à tecnologia, visitará o Parque Tecnológico de Cabo Verde e participará no encontro com empreendedores nacionais.

O governo explica que esta visita está alinhada com a visão do executivo, de atrair para o território nacional, personalidades do mundo das TIC numa perspectiva de dar aos jovens talentos cabo-verdianos a oportunidade de se relacionarem directamente com os “game changers” do mundo tecnológico.

“Queremos que o Paddy Cosgrave venha conhecer o que estamos a fazer em Cabo Verde, que venha conhecer os nossos empreendedores de base tecnológica e a nossa ambição de ser um país que pode prestar serviços de tecnologia para todo o Continente Africano”, refere uma nota que cita o secretário de Estado da Inovação, Pedro Lopes.

“A ousadia é de construir um Cabo Verde Digital que quer fazer pontes entre continentes e que quer atrair talentos e empresas para que, em conjunto com os jovens cabo-verdianos, possam gerar ideias e concretizar soluções de futuro, no presente”, acrescenta.

O Governo lembra ainda que tem feito, nomeadamente através do Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável – PEDS 2017/2021, um importante esforço no sentido de transformar Cabo Verde numa plataforma digital, ancorada numa visão estratégica de ‘hub’ das TIC, com alicerces sólidos de conectividade, desenvolvimento de capacidades e plataforma de serviços.

Paddy Cosgrave vai, ainda, participar no lançamento dos projectos governo para incentivar a criação de ‘startups’ tecnológicos e apoiar os jovens que já estão neste sector, nomeadamente a Bolsa Cabo Verde Digital que vai apoiar até 100 jovens e 50 startups e Kode Verde/Academia de Código do Programa Cabo Verde Digital.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar