Pub

 olho vivo

Acordo com a Huawei, gigante chinesa de telecomunicações responsável pela instalação dos equipamentos, vai ser assinado esta segunda-feira, 10, na cidade da Praia.

O ministro da Administração Interna já o tinha anunciado desde o ano passado, mas agora Paulo Rocha, juntamente com o ministro das Finanças, Olavo Correia, vai firmar com a multinacional chinesa das telecomunicações, a Huawei, um acordo que irá permitir ao Governo instalar câmaras de vídeo-vigilância nos centros urbanos para combater o crime.

É a primeira fase do Projecto Cidade Segura que prevê montar um Centro de Comando Operacional com vista a “modernizar o modelo de gestão da segurança pública em Cabo Verde, introduzir rapidez na resposta e levar a segurança aos cidadãos, com melhor eficiência e eficácia”, explica o Executivo na sua página oficial no Facebook.

O acordo entre o Governo e a Huawei prevê a construção de um Centro de Comando Operacional, a instalação do sistema de vídeo vigilância urbana, a instalação de um sistema de alerta inteligente e de comunicação operacional integrado (voz, sms e dados). A crer nos planos do ministros da Administração Interna, o CCO entrará em funcionamento em Janeiro de 2018.

Nesta primeira fase, o projecto, orçado em cerca de 20 milhões de dólares financiado pelo Governo da China, só cobrirá a ilha de Santiago, com destaque para Praia, cidade com a mais elevada taxa de roubos, assaltos e homicídios de todo o arquipélago. A seguir, ainda com data a indicar, vão ser contempladas as ilhas de São Vicente (já com crescente índices de insegurança), Sal e Boa Vista, as mais turísticas que têm tido problemas com assaltos a turistas.

E desde o dia 21 de Junho que o Conselho de Ministros criou uma comissão de avaliação técnica e de seguimento ao processo para dar seguimento à implementação projecto. A comissão é coordenada pelo ministro da Administração Interna, coadjuvado pelos serviços de segurança interna, a Agência Nacional das Comunicações (ANAC) e o NOSI. A equipa está encarregue de acompanhar todos os pormenores técnicos na execução do projecto Cidade Segura.

 



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # Jose Pedro da Rosa 10-07-2017 15:24
Mais 1 promessa, a funcionar ja em Janeiro proximo.
Responder
0 # ricardina lelis 09-07-2017 15:01
havera um processo para que se apanhe o "marmanjo" na sua primeira tentativa de os destruir? Tenho a certeza que vao tentar no primeito dia destrui-los todos para wue a bandidagrm continue vom os seus intentos. Esta terra precisa mais de ptogramas educativos tanto para crianca como para adultos como precisamos fo pao para a nossa boca.
Responder
0 # Helena Fontes 09-07-2017 14:51
Agora diz-me uma coisa Domingos Cardoso: se os kasubodystas andam a assaltar bancos, pessoas, bombas de combustível e lojas todos com a cara tapada, ou seja, encapuzados, achas que essa medida vai tornar a cidade mais segura e acima de tudo prevenir a criminalidade urbana?
Acho que não!
Agó alguém vai ganhar $$$ com esse negocio. ..
Faz - me lembrar os semáforos na rotunda da Terra Branca, gasta - se dinheiro público para nada e depois ninguém é responsabilizado!
Cadé o Tribunal de Contas e a PGR?
Pois...
Responder