Pub

sandeney1

Ideia foi aprovada durante a última Assembleia Electiva que escolheu Sandeney Fernandes como coordenador da JpD em Santa Catarina. Este domingo, 27, vai ser criado o primeiro Núcleo em Rincão.

A JpD Santa Catarina constituiu no passado mês de Julho uma nova equipa de Coordenação Concelhia liderada por Sandeney Fernandes. O novo coordenador da JpD naquele concelho do interior de Santiago propôs descentralizar a organização político-juvenil e já amanhã, domingo, 27, começa a implementar o projecto com a criação do Núcleo local da juventude ventoinha em Rincão, a ser liderado por Lenine Rocha e mais 4 vogais.

Fernandes, segundo nota enviada à nossa redacção, diz que quer ter estruturas focadas “na formação cívica, política e profissional, bem como voltada para todos os jovens do concelho e não somente para os militantes e simpatizantes”.

“Com um modelo de liderança baseado na descentralização e cooperação, junto dos Jovens e o mais perto possível das suas zonas de residência, onde localmente possam analisar e discutir situações próprias das suas localidades e assim apresentar propostas concretas para a resolução dos problemas que afligem essas juventudes, a JpD Santa Catarina vai dar início a implementação da política defendida na última Assembleia de ter um fórum próprio de todos e para todos, onde todos os jovens, perto ou longe da Cidade de Assomada possam ter um fórum próprio para a participação na idealização e construção de Santa Catarina, sem que ninguém por estar distante do centro fique para trás ou fora deste processo de construção de uma «Juventude de Excelência a pensar e a realizar Santa Catarina»”, propõe Sandeney Fernandes.

A JpD Santa Catarina vai aproveitar o dia para realizar uma curta formação sobre a Liderança Política à Juventude de Excelência; Princípios e Valores da JpD / MpD; e Linhas Estratégicas, Estrutura e Funcionamento da JpD SCT, tendo como conferencistas Ricardo Fidalgo, Adilson da Moura e Sandeney Fernandes.

Outras localidades do maior concelho de Santiago Norte vão ter seu núcleo da JpD nos próximos tempos.



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar