Pub
Por: Redacção

ze luis

Com a janela de inverno prestes a encerrar, alguns cabo-verdianos comandam interesses de equipas europeias, com Zé Luís a fazer as manchetes em Inglaterra com o renovar do interesse do Brighton da Premier League que já havia feito uma proposta de 5 miihões de Libras pelo avançado, prontamente recusada pelo seu clube, o Spartak de Moscovo. A equipa inglesa volta à carga com uma proposta melhorada, fala-se em 20 milhões de euros.

Ainda no arranque do mercado de inverno, o West Bromwich Albion, também da principal liga inglesa havia oferecido 5 milhões de libras ao Spartak por Zé Luís. A proposta foi recusada pelo clube russo que deseja contar com o avançado cabo-verdiano para atacar o título nacional na segunda metade da época e tentar ultrapassar o Sevilha nos oitavos de final da Liga Europa.

Zé Luís, natural do Fogo, tem sido peça importante na equipa, após o seu regresso de uma lesão, assim como foi na conquista do título nacional a época passada. Até esta Zé Luís já marcou 15 golos em 55 jogos pelo Spartak e tem estado em evidencia nas últimas partidas do seu clube, com 2 golos na Champions e pelo menos 1 na liga Russa desde que voltou da referida lesão que o afastou por cerca de três meses dos relvados.

Tudo indica que não será fácil ao Brighton conseguir convencer o Spartak a abrir mão do cabo-verdiano e a equipa inglesa bem precisa de um avançado para fazer face às dificuldades de golos evidenciada pela equipa treinada por Chris Hughton que está na 12ª posição, com 23 pontos, a apenas três pontos do Stoke que é o primeiro emblema na zona de despromoção.

Quem já concluiu a sua transferência é o também internacional cabo-verdiano, Sérgio Semedo para o Leixões, vindo do FK Suduva da Lituânia por 250 mil euros, de acordo com o portal Transfermarket.

 

ely fernandes

Ely Fernandes 

 

O extremo cabo-verdiano Ely Fernandes deu o salto do Pinhalnovense do terceiro escalão português para a primeira divisão romena, onde jogam Platiny e Tiago Almeida, curiosamente no Gaz Metan, equipa onde Semedo jogou antes de se transferir para a Lituânia. Custou 200 mil euros a transferência do tarrafalense de Santiago de 27 anos.

 

alessio

Alessio da Cruz

O jovem holandês de origem cabo-verdiana e com cidadania crioula, Alessio da Cruz garantiu a sua mudança do Novarra da Série B italiana para o histórico Parma que atualmente disputa o mesmo campeonato, numa transação de 1 milhão de euros. Alessio conta com pelo menos 6 internacionalizações nas camadas mais jovens da Holanda e pode ainda jogar pelos Tubarões Azuis, caso ele e a equipa técnica da seleção assim o entendam.O jogador, segundo o site TuttoMercatto esteve este mês nas cogitações do Arsenal e do Inter de Milão, mas acabou por rumar ao Parma.

 

dabney dos santos

Dabney dos Santos, aqui com a camisola do Az Alkmaar

 

Dabney dos Santos é outro jovem talento holandês/cabo-verdiano que mudou para o Sparta de Rotterdam, treinado pelo antigo selecionador holandês, Dick Advoocat, por empréstimo do campeão AZ Alkmaar, ele cujo valor de passe está avaliado em 1,5 milhões de euros. O jovem extremo de 21 anos já foi internacional sub-21 pela Holanda em duas ocasiões e é mais um que estará a ser seguido pela equipa técnica da seleção cabo-verdiana. Nesse clube brilha outro jovem de origem e com nacionalidade cabo-verdiana, o médio centro de 18 anos, Deroy Duarte e que conta com 6 internacionalizações pelos sub-19 da Holanda.

Outro internacional cabo-verdiano que mudou de equipa em dezembro ultimo é Kevin Oliveira, troca por troca com outro jogador, do Sporting Kansas City para os Atlanta United, ambos clubes da Major League Soccer (MLS), principal liga dos Estados Unidos.

 



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar