Pub

boas novas

Alegre-se, jovem, na sua mocidade! Seja feliz o seu coração nos dias da sua juventude! Siga por onde o seu coração mandar, até onde a sua vista alcança (Eclesiastes 11:9)

Estamos nos dias em que para uma boa parte da nossa população vale fazer tudo: o importante é se divertir. O triste em tudo isso é que as pessoas pensam apenas neste momento e não nas consequências de sues atos.

O texto de hoje dirige-se aos jovens. Nele o Rei Salomão os incentiva a aproveitar  sua vida o mais possível. Na verdade, esse princípio pode ser aplicado a todos. Poderíamos entender seu resumo assim: “Aproveitem a voa ao máximo, façam tudo o que quiserem antes que fiquem mais velhos e comecem aqueles anos de dores, nos quais já não terão mais ânimo ou não poderão sair de casa, já não enxergarão direito nem poderão morder direito e assim por diante, até que enfim chegue a morte”.

Creio, que de facto, a vida deva ser bem aproveitada. Aliás com as técnicas e a ciência disponíveis hoje em dia trabalhando a favor do ser humano e procurando dar cada vez mais sobrevida às pessoas, além do incentivo para cada um cuidar melhor de sua saúde, consegue-se viver mais e aproveitar mais a vida.

Porém, nestes dias de carnaval, as pessoas parecem não pensar em seu futuro e querem divertir-se o máximo que puderem, fazendo coisas que destroem sua própria vida ou família, ou mesmo a vida de outras pessoas.

De propósito nao coloquei o final do verso-chave de hoje, mas agora o completo. Diz assim: “...mas saiba que por todas estas coisas Deus o trará a julgamento”. Em Romanos 14:12, lemos: “Cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus”.

Querido leitor e querida leitora, viver a vida é muito sério. Ela deve ser bem vivida, debaixo da direção e da orientação de Deus, lembrando sempre que um dia daremos conta a Deus por cada um de nossos atos, seja ele bom ou ruim.

 A vida é muito mais do que só o agora. Deixe Deus dirigir a sua! 



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar