Pub

 cocaina

Uma cidadã natural da Guiné-Bissau ficou em prisão preventiva após ser apanhada no Aeroporto Internacional Nelson Mandela, na cidade da Praia, Cabo Verde, com 755 gramas de cocaína dissimulada na sua bagagem, informou esta segunda-feira, 30 de dezembro, a Polícia Judiciária.

Em comunicado, a PJ cabo-verdiana informou que a mulher, de 25 anos, foi detida na sexta-feira em flagrante delito pela Secção Central de Investigação de Tráfico de Estupefacientes, (SCITE) - Brigada Aeroportuária - no âmbito da prevenção ao tráfico por via aérea.

A mesma fonte adiantou ainda que a detida transportava a droga dissimulada na sua bagagem.

A mulher foi presente no dia seguinte ao Tribunal da Comarca da Praia, que aplicou como medida de coação prisão preventiva.

A PJ informou ainda que no sábado deteve um nigeriano, de 36 anos, suspeita da prática do crime de tráfico de drogas na ilha do Sal.

No âmbito de uma busca a uma residência em Santa Maria, a polícia revelou que apreendeu cocaína e outros objetos, que não especificou.

O homem vai ser apresentado ainda hoje ao tribunal.

 



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar