Pub
Por: Redacção

Foto JHA

A carta, cujo teor Santiago Magazine teve acesso, tem carácter de urgência, e nela Janira Hopffer Almada pede o primeiro-ministro que faculte informções sobre "quais as razões de fundo que levaram a essa situação (alegada retenção de 3 aviões da Cabo Verde Airlines (CVA) no Estado de Flórida, Estados Unidos da América (EUA)); em que medida o País ficará prejudicado com esse acontecimento; quando se prevê resolver essa situação, salvaguardando os interesses do país.

A líder o maior partido da oposição aproveita ainda para solicitar uma cópia do Acordo Parassocial que foi assinado aquando do processo de “Privatização” da Companhia de Bandeira e que, ainda, apesar de muitas insistências do PAICV, o governo teima em não facultar.

Janira Hopffer Almada escreve que o seu pedido está coberto pelo art.º.65 do Regimento da Assembleia Nacional, nas suas alíneas g) e l), e é motivado pela importância que o setor dos transportes tem num país arquipelágico com o Cabo Verde.

“Num País arquipelágico como Cabo Verde, a organização de um sistema de transportes moderno, eficiente e eficaz desempenha um papel crucial no processo de desenvolvimento, dado que garante a mobilidade de pessoas e de bens intra e inter-ilhas, bem como a ligação ao mundo, cada vez mais globalizado”, escreve na referida carta, acrescentando que “o sector dos transportes é, igualmente, primordial para a coesão territorial, a competitividade e o crescimento da economia e a geração de riquezas, emprego e rendimentos para as famílias, as empresas e o país no seu todo.”

Neste contexto, a líder do PAICV faz lembrar que o seu partido “passou estes últimos 3 anos a solicitar dados e informações sobre o processo de reestruturação dos TACV que, muitas vezes e da V. parte, não mereceu resposta”.

Na sequência, estranhando a recusa das informações da parte do chefe do governo, o PAICV não desistiu, afirma Janira Hopffer Almada, ao escrever que o partido que lidera “sempre questionou, discordando claramente, com a forma como a Companhia de Bandeira foi “privatizada” e com a gestão que vem sendo feita que, do nosso ponto de vista, põe em causa os interesses nacionais e estratégicos

Afirmando-se preocupada desde o ínicio, com a forma como o governo conduziu o processo de privatização da companhia de bandeira, a líder do PAICV repete que essa preocupação com a gestão e os destinos da Companhia tem aumentado claramente nos últimos dias, com as notícias divulgadas, por alguns órgãos de comunicação social, dando conta de três aviões da CV Airlines retidos na Flórida, após serviços de manutenção.

“Os mesmos órgãos assumiram, publicamente, que na “base do sucedido, está um impasse entre as partes envolvidas no processo negocial da CV Airlines, isto é, entre a Loftleidir Icelandic e o Governo de Cabo Verde”, regista, para exigir que face, à gravidade da situação pedir que o chefe do governo faculte à oposição as informações acima referidas, no quadro do exercício das fiscalização que a lei estabelece

 

Comentários  

+1 # Txadona 09-07-2020 07:24
O orçamento do Estado pifou....e a CVA colapsou...!
Será que há dinheiro para "reanimar"a CVA?
O governo,na pessoa do vice- primeiro ministro,doutor Olavo Correia tinha prometido que faria de tudo para manter a empresa em ativa.Depois dos aviões ficarem retidos na Florida,o descurso continua o mesmo?
Dar dito por não dito não custa nada.
Responder
-1 # EMELENA FREITAS ALFA 07-07-2020 19:18
Klaro que o governo de UCS não vai facultar nada e vem de novo com a historia da confidencialidade do negócio esquece que ele o governo está lá para gerir o que é do povo ,mas como sabe que fez tudo,debaixo do pano inventou esta cláusula para enganar a boiada desavisada tanto vimos que nesse angu têm Carroço que o MT diz uma coisa e o MPMMF diz outra quero ver o final dessa tramoia
Responder
0 # Daniel Carvalho 07-07-2020 17:31
Se a Líder do PAICV está tão agastada com o Governo como deixa transparecer, se todas as suas insinuações têm razão de ser, que explique para todos entenderem, porque não avançar com uma Moção de censura ao Governo, um mecanismo democrático e constitucional que abre o espaço para um debate jamais visto em Cabo Verde que pode durar até quatro dias. Ninguém queixaria de falta de tempo.
Depois de um teste considerado globalmente positivo, que foi a declaração do Estado de emergência, previsto no art.º 271º da Constituição da República seria a vez de testar o disposto no artigo 201º também da CR. Korajo fitxado. Naturalmente que não seria com o intuito de provocar a demissão do Governo, por razões obvias, mas sim para forçar o debate com o Governo "...sobre a sua política geral ou sobre qualquer assunto de relevante interesse nacional."- como reza o nº1 citado artigo 201º.
Responder
0 # Ayan 07-07-2020 17:11
Si ka fakulta information é pa poi na tribunal animal pa ke ki lei izisti!
Xuxadera ki nhos sta nel ku Capeverdian people.
Responder
0 # Daniel Carvalho 07-07-2020 16:56
Se o PAICV gritou com tanto vigor sobre os terrenos do Alto da Glória, tem que dizer também da sua justiça sobre a situação dos terrenos da travessa e do fundo do inferno, de que Santos parece não ter coragem de se posicionar, não se sabe porquê.
Responder
0 # Tristeza nao Tem Fim 07-07-2020 15:31
Nada de desviar as atençoes. Neste momento o importante ë saber como cada um dos Partidos se vai pisicionar sobre o escandalo que ë o Roubo de Terrenos na cidade da Praia e na Ilha de Boa Vista a favor de interesses obscuros. Por ora vamos esquecer a questao dos avioes ate uma melhor oportunidade.

Devo-lhes dizer o seguinte:
1. Nada vai mudar em Cabo Verde com este leak. 
2. A mafia dos terrenos e apenas uma ponta do iceberg. 
3. A maioria dos caboverdianos nao tem minima noção do que se passa no nosso torrao. O que vem na comunicacao social nao chega 1% da real mafia em CV.
4. Como vao resolver os problemas da mafia se os cverdadeiros chefoes sao os advogados, juizes, procuradores, politicos, policia e uma franja da sociedade civil bem treinada. 
5. A sociedade caboverdiano esta completamente esfrangalhada... Cabo Verde perdeu identidade a muito tempo. Ou seja, perdemos a bussola. Salve quem poder.

Isto é, de facto, uma GRANDE MÁFIA, LA COSA NOSTRA CABO- VERDIANA.Força e coragem, meu caro Rui, ficamos à espera dos próximos capítulos.
Responder
0 # POVO UNIDO 07-07-2020 14:31
O Povo nao deveria aceitar que os politicos viessem desviar as atençoes para assuntos banais, laterais ou pouco relevantes. O Povo deve exigir wue cada partido assuma uma posiçao sobre a questao dos terrenos roubados ao redor da cidade da Praia equivalente a area de 80 Plateau, tudo roubado a favor de um cidadao estrangeiro que esteve sempre bem assessorado por advogados famosos da cidade da Praia. Gostariamos de escutar o que a Dra. Janira tem a dizer a este respeito. O Resto ë sò conversa fiada.
Responder
0 # Chiku 07-07-2020 12:27
Sera que vao facultar informacoes? O partido que destroi o pais. Qualquer dia vao chegar a situacao de nao poderem pagar os salarios da Administracao publica como aconteceu no final dos anos noventa. Foi queda por causa da falencia do Estado nos anos noventa. Estavam mais preocupados em roubar terrenos e traficar drogas de que fazer algo de bom para o pais. Anos 90 foram anos de desmando, roubo de propriedades alheias e legalizacao de trafico de drogas em Cabo Verde. Sobre avioes confiscados nos EUA nao vao dizer nada. Podem perguntar a vontade!
Responder
+1 # Terrenos Roubados 07-07-2020 09:22
Està muito bem querer saber dos avioes apreendidos, retidos, parqueados ou seja o que for nos Estados Unudos. Mas a Dra. Janira tambëm deveria se preocupar com a questao dos terrenos roubados no entorno da cidade da Praia e que tëm sido denunciado pelo Dr. Rui Araùjo, nem que for solicitando uma CPI - Comissao Parlamentar de Inquerito.
Responder
+1 # Avioes e Terrenos 07-07-2020 11:46
Ë bom de ver que os avioes nunca foram nossos. Estavam alugados em regime de Lising. Por isso o interesse nacional nao se encontra em risco, ate porque ë sempre possivel alugar outros. Todavia, esperamos que o PAICV diga e faça algo em relaçao aos terrenos roubados a volta da cidade da Praia em extensoes tao grandes que ultrapassa em 80 vezes a area do Plateau - Centro da Cidade da Praia. - A pergunta que fica ë o que o PAICV e a UCID tencionam fazer sobre o roubo de tantos terrenos como tem sido denunciado pelo Dr. Rui Araujo???
Responder
+1 # Terrenos Roubados 1 07-07-2020 11:26
A grande questao ë que ninguem dos Partidos Politicos pode querer mexer na questao dos terrenos roubados denunciados por Rui Araujo porque nao se consegue prever todos os implicados bessa mega fraude. Assim, o mais provavel ë continuarmos a ver os Partidos e seus De[censurado]dos a falarem de tudo e mais alguma coisa, mas ninguem vai pegar nessa questao dos terrenos roubados. A Repùblica està mesmo em perigo.
Responder