Pub

João Gomes MPD 1

O Movimento para a Democracia (MpD, poder) acusou hoje a oposição de fazer “ataques ferozes” a tudo o que o Governo faz e pediu uma nova forma de estar na política.

Na declaração política que foi feito pelo deputado João Gomes, o MpD realçou que a política é uma actividade nobre que por mais dissensos que possa comportar, deve-se construir pontos de entendimentos que ajudem os agentes políticos a agir com urbanidade e elevação evitando a vulgarização ou banalização das questões do Estado, que solicitam uma atenção adequada.

“Ora aqui, ora ali, a liderança do PAICV tem lançado ataques ferozes a tudo quanto o Governo faz. Na falta de argumentos que a credibilizam junto da sociedade, não hesita em fazer uso da demagogia e do populismo para buscar afirmar-se à imagem de uma naufraga à guarda de um pau que a ponha a salvo das intempéries que anda a criar”, afirmou João Gomes.

Segundo o mesmo deputado, no pensar da liderança do PAICV, o Governo do MpD não passa de “um grupo de rabidantes que mais não sabem senão delapidarem os bens públicos.” No seu entender esta é uma visão errada porque assenta, acima de tudo, “em má fé e em preconceitos ideológicos” que “não tem lugar nas democracias, cuja luta política não deve ultrapassar em momento algum os ombreais da decência.”

O eleito do MpD defendeu que este discurso se assemelha ao feito na década de 90 quando o MpD conquistou o poder. Isto porque, acrescentou, ao invés de reconhecer os progressos “em tão pouco tempo conseguidos por Cabo Verde”, faz-se de surdo e mudo, procurando na lógica do bota-abaixo enlamear os caminhos percorridos por este Governo”.

Para o líder do Grupo Parlamentar do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição), Rui Semedo, não é de hoje que “há uma estratégia clara de destruir a líder do PAICV”, mas também há uma perspectiva de condicionar o exercício da oposição democrática.

“A maioria queria ter uma oposição dócil que não dê combate político, e que se silenciasse perante as acções e os desmandos. Mas, felizmente não somos apenas nós a criticar a maioria e a sua acção política,” lembrou o político, citando as críticas ao MpD saídas esta semana num artigo de Armindo Ferreira, no jornal Expresso das Ilhas.

Reagindo também à declaração política, a União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) que também é oposição, afirmou que ontem o PAICV levou questões para o debate com o vice-primeiro-ministro que precisam ser esclarecidas. Pelo que não é por causa dessas questões que se deve “tentar condicionar” a oposição.

“Quando à oposição, neste caso o PAICV, trouxer aqui uma questão penso que é uma questão normal desde que se justifique e que se explique. Agora, por causa disso, hoje termos uma declaração política a querer condicionar a oposição, mas a UCID entende que não é este o papel da política,” desabafou António Monteiro, para quem o papel dos partidos é servir a Nação cabo-verdiana, zelar pelos interesses de Cabo Verde, independentemente de estar ou não na situação ou na oposição.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

+2 # Sakira 17-05-2019 11:56
Que falta de vergonha deste individuo !!! Que demagogia!!! Todos criticamos a veia mercantilista do mpd. Desde sempre. Estes individuos logo chegados ao poder começaram a inventariar tudo quanto fosse possivel vender, vender e vender. Caso pudessem vender a mom, esta também jà teria ido se nao està jà à venda. O povo de Cabo Verde nao é o PAICV. O povo de Cabo Verde amadureceu, estudou aprendeu e sabe analisar. Macabéus, desonestos, e vendilhoes.
Responder
+1 # Miriam Duarte 17-05-2019 09:51
MEUS SENHORES NÃO OFENDAM OS RABIDANTES QUE SÃO PESSOAS HONESTAS E TRABALHADORAS. O MPD É SIM UM BANDO DE LADRÕES, INCOMPETENTES E DESCARADAMENTE CORRUPTOS. VENDEM O PATRIMÓNIO DE CABO VERDE COMO SE FOSSEM HERANÇA DOS SEUS PAÍS E PIOR SÃO ELES MESMOS A COMPRAR. SE ESSE PAÍS FOSSE SÉRIO E HOUVESSE TRIBUNAL DE VERDADE ESSES ESTARIAM NA CADEIA COMO O LULA, TEMER...NO BRASIL
Responder
0 # João Pedro 17-05-2019 09:48
ESTA FIGURA CHAMADA DE JOÃO GOMES DEVIA ERA MANTER A BOCA FECHADA. ESTE ILUSTRE de[censurado]do de SÃO VICENTE, ONDE NINGUÉM O CONHECE E MUITO MENOS SENTE REPRESENTADO POR ESTE SÃO-NICOLAUENSE É O MAIOR IDIOTA QUE ALGUMA VEZ JÁ SE VIU. ADVOGADO MEDIOCRE, QUE NÃO TEM NOÇÃO NENHUM DO QUE É SER DE[censurado]DO SENÃO NÃO TERIA DITO "QUE TANTO FAZ ONDE ESTEJA LOCALIZADO O HUB MARÍTIMO, DESDE QUE ESTEJA EM CABO VERDE". NÃO VENHA USAR PALAVRAS CARAS PARA TENTAR ENGANAR NINGUÉM, VOCÊS SÃO DE FACTO UM BANDO DE LADRÕES, POIS RABIDANTES VENDEM O QUE É DELES.
Responder
+1 # Migueis 16-05-2019 22:32
Vou nomear o sr dr Joao Gomes delegado do governo em Sao Nicolau. Desta feita vai representar o governo do mpd, pois os ventos são outros ...... ai Joaon que te viu e quem te vê......
Responder