Pub

Considerada por muitos um dos grandes obstáculos do processo de investigação criminal em Cabo Verde, a investigação forense vai ser objecto de um seminário de 13 a 15 de Dezembro, na cidade da Praia, organizado pelo Escritório das Nações Unidas sobre a Driga e o Crime (ONUDC), subordinada ao tema “desenvolvimento de núcleos pilotos de investigação forense e reforço da rede de cooperação regional para uma luta eficaz contra a droga na África Ocidental”.

“O principal objetivo deste seminário é definir as modalidades de funcionamento dos núcleos-piloto permitindo que o ONUDC preste assistência técnica efetiva a toda a sub-região através das ações de treinamento e validação pelos estados membros do modelo relevante, cuja viabilidade será discutida e sua aceitabilidade aprovada”, escreve a nota de imprensa chegada à redacção de Santiago Magazine.

O evento conta reunir representantes dos laboratórios das policias científicas de Cabo Verde, Gana e Cote d’Ivoire, e pretende ser “um marco nos preparativos para a conferência forense regional na África Ocidental, que será realizada em 2018 e reunirá actores forenses, principais parceiros internacionais, países membros da CEDEAO e Mauritânia”.

Segundo a referida nota, a União Europeia financiou integralmente esta iniciativa e todo projecto “Apoio ao Plano de Acção Regional da CEDEAO sobre tráfico ilícito de drogas, crime organizado e abuso de drogas na África Ocidental".

O seminário reunirá um número limitado de colaboradores operacionais do Sector de Aplicação da Lei e provedores de serviços forenses de Gana, Cabo Verde e Cote d’Ivoire, além da especialista em área forense da UNODC Abuja, consultor forense do UNODC, da Polícia Portuguesa, e a Agência de Cooperação Alemã, GIZ, com quem o UNODC está cooperando na África Ocidental, especialmente na área de ciências forenses.

"O foco será no reforço da capacidade regional na análise de drogas e precursores, a gestão de cena do crime e conscientização forense", lê-se na referida nota de imprensa, para quem "o UNODC vem enfatizando novamente o interesse de poder recolher provas, detectar drogas e disponibilizar o uso de serviços de ciência forense de qualidade, para um sistema de justiça criminal efectivo e justo".

Neste contexto, a organização informa que "haverá um número limitado de apresentações e sessões plenárias para que uma grande parte do do seminário seja destinada as discussões e trocas de experiências", porque "o objectivo é promover um debate activo sobre temas abordados".



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar