Pub

Janira Hopffer Almada

A Presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Janira Hopffer Almada será Conferencista num Colóquio sobre “Eleições, democracia e governação na África do Oeste e Central”, organizado pela conceituada Fundação francesa Jean Jaurés, e que terá lugar nos dias 24 e 25 do corrente mês em Niamey, Níger.

Janira Hopffer Almada, que também vai ser recebida pelo Presidente da República do Níger, Mahamadou Issouf, intervirá no painel de Abertura do Encontro, subordinado ao tema: “Eleições livres e transparentes como fundamentos democráticos/A transição democrática como um processo político frágil, mas bem-sucedido”, no qual dissertará sobre o “caso de Cabo Verde”, unanimemente, considerado pela comunidade internacional como um exemplo de democracia, transparência e boa governação em África.

A Conferência, na qual serão debatidos ainda outros temas importantes, nomeadamente: “Governação democrática, governação autoritária: Existe uma ligação entre democracia e desenvolvimento?” e “As relações entre a África do Oeste, África Central e União Europeia ou a democracia como objetivo comum”, contará com a presença de figuras influentes da cena política africana e francesa, casos do Presidente do Movimento de Libertação do Povo Centro Africano (MLPC), Martin Ziguele, antigo Primeiro-Ministro, Mohamed Bozom, Presidente do Partido Nigeriano para a Democracia e o Socialismo (PNDS), Emanuel Golou, Presidente do Partido Social Democrata do Benim e Maurice Braud, Secretário Nacional responsável pelo Pólo Mundialização, Regulação e Cooperação do Partido Socialista Francês.

 



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # João Mario Cardoso 26-03-2019 12:38
Se for falar dos 15 anos de "democracia nacional revolucionária" coitados dos africanos.
Responder