Pub
Por: José Sanches

josé sanches

Há sujeitos no PAICV que deveriam ficar calados e sequer aparecer nas redes sociais a dar palpites nas eleições internas ou naquela 'farsa' que se convencionou chamar de eleições.


1- Que o presidente do PAICV deveria ser eleito pelos militantes em eleições diretas, isto parece uma descoberta que merece o prêmio Nobel de SILÊNCIO.

2- Que não são os delegados que escolhem o presidente no congresso, assim está escrito no estatuto, que agora é letra morta.

3- A maior estranheza é a artimanha de termos delegados natos superior aos que vão ser eleitos, e a artista de momento quer fazer passar isto em branco.

4- As eleições internas além de escolhermos o Presidente, deveria servir também para escolhermos os delegados ao Congresso, facto que não irá acontecer, porque os doutos senhores já vão ficar no guinness book de escolher a maioria dos delegados e não entendemos porquê a realização de eleições.

5- Verdade maior, que a articulista de momento não quer revelar é o seguinte: os delegados servem para votar e aprovar a Moção estratégica de orientação politica Nacional, sem a qual nenhum presidente governa, os delegados servem para elegerem a comissão nacioanl de jurisdição e fiscalização, os delegados elegem os membros do Conselho Nacional, e esta por sua vez elege a comissão politica Nacional, o Secretário-geral e o secretariado geral, a comissão permanente.

5- Convém que a articulista que já golpeou o PAICV, já capturou todos os seus órgãos arrepie caminho, porque se continuar a falar os cabo-verdianos conhecerão ainda mais a sua via ditatorial.

6- Se os delegados natos não são importantes, porquê este golpe vil e baixo?

7- A vossa escolha advém do medo de perderem as eleições directas e controlarem todos os outros órgãos do Partido.

8- Esta manobra é resultante da vossa prática. Lembremos aqui o que aconteceu com o golpe que a mesma articulista orquestrou e mandou executar para derrubar a comissão politica regional de Santiago Sul.

9- Portanto, poderíamos ir às eleições e em qualquer circunstância seriam os mesmos golpistas a dirigirem o PAICV.

10- Continuarei firme a denunciar o assalto ao partido.

11- Eu não vou legitimar esta farsa e peço ao militantes que reflectem. Assim, se constroem as ditaduras.

12- Convictamente militante do PAICV. Decidi viver em democracia, com verdade, pela transparência e sem medo.

 

* Artigo publicado hoje pelo autor na sua página do Facebook

 

Veja mais em Santiago Magazine:

Carta Aberta de JHA. Uma jovem mulher que escolheu Cabo Verde!

PAICV diz que Tarrafal tem sido vítima do MpD há cerca de 28 anos

Ponto de Vista. A nova ilusão chamada de massa salarial

 

 

 

 



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # Cristiano Tavares 11-12-2019 11:39
Filu, devias ajudar o Sanches a pensar melhor. Neste momento do campeonato político o jovem Sanches devia saber diferenciar o seu partido(PAICV) dos demais. As regras do jogo político, neste momento, em Cabo Verde, não aceitam dis[censurado]s internas fratricida. Porque quem não ajudou a construir o PAICV, o quer destruir? Com que direito os "Sanches" querem fazer isso? Cuidem-se bem meus garotos. Neste momento que o MpD vem demonstrando a sua incompetência e incapacidade em governar Cabo Verde, a melhor postura dos militantes do PAICV é de mostrar poder ser a necessária alternativa. Cabo Verde disso necessita.
Responder
0 # Anteu 10-12-2019 23:41
Se este indivíduo não sabe escrever (no caso, o português), como pretende ele governar um partido, e no caso de o azar nos bater à porta, um país?
Responder
0 # Romário Cruz 10-12-2019 21:43
Porque não te calas...na politica ficaste indelevelmente marcado como um marioneta. Não tens classe para isso, pois não sabes fazer leitura politica
Responder
0 # Gertrudes 10-12-2019 21:42
Falta controlo emocional ao Sanches. Por mais que divirja da JHA, isto é política interna e com estas atitudes nada de bom traz ao PAICV. O Sanches tem tido boas intervenções no Parlamento, mas está a sair-se mesmo mal na fita. Este tipo de atitude, não se sabe se de propósito, a troco de não se sabe o quê, pode prejudicar os interesses superiores do partido, que se sobrepõem a interesses individuais muito mal assessorados. Arrepie caminho Sr Sanches, a via não é essa.
Responder
0 # Terra Longínqua 10-12-2019 20:03
Bem a guerra é comadres. Contudo, há qualquer coiccoisa de muito estranho no PAICV. Fica muito feio a um partido com o historial do PAI. Falem, dialoguem, para o bem de país. Por que não debatater? Sejam maduros e responsáveis. Ambos oos lados.
Responder
0 # Cidadã 10-12-2019 19:31
Ahahahahah. Rindo até 2050 dessa figura. Está se achando. Precisas olhar no espelho. Faça primeiro um exercício sobre a tua popularidade no teu concelho e só depois comece a soltar asneireces para não dizer outra coisa que não apropriado nesse espaço.
Responder
0 # Djon di Beku 10-12-2019 16:35
Si moda pega, caneka ta imborka na terra certo!
Ago un kuza e claru, Janira ten mas argumento pa ser primera ministra ki bo nha boy. Ba treina oki bu bira bon bu ben!! Toma un pasta di ministro fika keto bu spera si bu hora ta txiga. Consedju di burro sperto ta obidu...Bu juiz bu oredja moss.
Responder
0 # toto 10-12-2019 15:02
Desde 2011 esta claro que PAICV quedo dividido , caminhou ate 2016 sem a forca necessária . Axo que ante a impossibilidade da coesão e' democrático procurar tribuna para ideias pelo q e' pertinente perguntar por seus militantes das bases -mais importante que os estatutos e regulamentos partidários furados .
Responder
0 # jassi 10-12-2019 14:39
O Camarada desistiu porque acha que as condições não estão criadas.
Basta de bater no Partido que merece respeito de todos.
O nosso adversário continua a ser o MpD.
Responder