Pub

Foto Imprensa

Kontributo é o nome do primeiro video single de NUBRU, nome artístico do rapper Bruno Monteiro. O videoclipe vai estar disponível ao público a partir desta sexta-feira, 4, no Youtube e antecede o álbum de estreia do músico que tem particpação de Batchart, Marc Delman entre outros.

"Depois de muito trabalho finalmente irei dar início ao lançamento do meu trabalho, dando ponta pé de saída com o lançamento do meu primeiro Vídeo Single 'KONTRIBUTO' que estará disponível no 4 dia Outubro no YouTube (http://bit.ly/2mFk7cp) e também nas restantes plataformas digitais como Spotify, Soundcloud, Deezer, Apple Music etc", diz ao Santiago Magazine NUBRU, rapper de 28 anos, natural de São Domingos, interior de Santiago.

O video, na verdade, mais não é do que um aperitivo para o prato principal, que será o lançamento, ainda este ano, do primeiro álbum de inéditos do cantor - compõe suas próprias músicas. 'Kaminhada' é o nome desse trabalho, que reúne 15 faixas musicais e que conta a participação de vários artistas cabo-verdianos como, Batchart, Djox, Kumba, Tochi, Mark Delman, Manolo, Nana, Dzenh e Rahiz. "'Kaminhada' tenta transmitir mensagens de amor, paz, união ao lado de letras que exaltam as causa humanas, políticas e sociais. Tudo isso com o intuito de transformar vidas por meio de arte”, observa o autor, que frouxa ligeiramente a cortina do que será esse disco com a divulgação do video 'Kontributo'.

De resto, 'Kontibuto' é a primeira faixa musical a ser lançada do seu primeiro album que estará disponível ainda este ano. Já para a gravação do video single, NUBRU contou com a participação de dois rappers de São Vicente, Mark Delman e Dzenh. O videoclipe foi produzido pela empresa Clacket Vídeos Lda. e a Mixagem e Masterização ficou a cargo do produtor Golbeats.

Segundo NUBRU, 'Kontributo' enfatiza "qual é o nosso compromisso com a cultura Hip Hop e enfatiza também o nosso papel como rappers, como mensageiros, onde temos responsabilidade de lutar, trabalhar para que essa arte (Rap) seja cada vez maior e melhor. Mas com a consciência de que para atingirmos esses objectivos será preciso muito trabalho".

O rapper sãodominguense destaca ainda "a responsabilidade que temos que ter na produção na nossa arte, porque hoje, mais do que nunca, o Rap feito em Cabo Verde tem tido um impacto significativo na mudança de vida de várias pessoas e tem assumido um lugar de destaque no panorama musical cabo-verdiano e na nossa diáspora, muito por culpa dos trabalhos de grande qualidade que tem sido feitos no nosso país".

 



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar