• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
PM encara com normalidade Cabo Verde ter ficado fora da lista dos países que podem viajar para UE
Economia

PM encara com normalidade Cabo Verde ter ficado fora da lista dos países que podem viajar para UE

 
O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse hoje que o Governo encarou com normalidade o facto de Cabo Verde ter ficado fora da lista dos países que podem viajar para espaço da União Europeia (UE).
 
“Há um conjunto de critérios que estão estabelecidos e vários países, assim como Cabo Verde, têm os seus critérios. A nós interessa-nos fazer abertura com condições de segurança sanitária, quer no país e quer relativamente aos países do mundo com os quais nos relacionamos”, disse o chefe do Governo aos jornalistas.
 

Ulisses Correia e Silva, que falava na sequência da apresentação hoje, na cidade da Praia, da Agenda Estratégica para o Desenvolvimento Sustentável, realçou a intenção do Governo de reabrir a fronteira de Cabo Verde, encerrada desde Março, devido a pandemia da covid-19, no mês de Agosto.

Desde o dia 01 de Julho, a União Europeia abriu as portas para acolher turistas com proveniências de 15 países.

A lista dos autorizados, que segundo o Conselho da EU será revisada a cada duas semanas, inclui Argélia, Austrália, Canadá, Geórgia, Japão, Montenegro, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Coreia do Sul, Tailândia, Tunísia e Uruguai e a China sob critérios de reciprocidade.

A pandemia de covid-19, que levou ao encerramento de fronteiras em todo mundo, já causou a morte a pelo menos 521.384 pessoas e infectou mais de 10,8 milhões em todo o mundo desde Dezembro, segundo um balanço da agência AFP baseado em dados oficiais.

Em Cabo Verde já foram notificados 1.384 casos acumulados e 15 mortes.

COm Infporpress

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!