• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
Trabalhadores remotos estão a tirar “férias silenciosas” sem comunicar às empresas
Tecnologia

Trabalhadores remotos estão a tirar “férias silenciosas” sem comunicar às empresas

Embora esta prática não seja ilegal, pode criar problemas de conformidade, por exemplo quando um funcionário sofre acidente de viagem não autorizada e procura uma indemnização por um acidente de trabalho.

Segundo o site Slashdot, os trabalhadores remotos estão a usar esta situação para tirar “férias silenciosas” sem comunicar às empresas.

O funcionários estão a viajar, sem comunicar às empresas e usam VPNs e fundos virtuais em video-chamadas para não indicar sua localização real.

O trabalho remoto tornou-se uma realidade para muitos trabalhadores ao redor do mundo, especialmente após a pandemia de COVID-19. Embora tenha trazido inúmeras vantagens, como flexibilidade e economia de tempo em deslocamentos, essa modalidade de trabalho também apresentou novos desafios para empresas e empregados. Um fenómeno emergente e preocupante é o das "férias silenciosas", onde trabalhadores remotos tiram folgas não oficiais sem comunicar seus empregadores. Neste artigo, exploraremos as causas, implicações e possíveis soluções para essa tendência crescente.

O Que São “Férias Silenciosas”?

"Férias silenciosas" referem-se a períodos de folga tirados pelos trabalhadores remotos sem notificarem seus superiores ou registarem oficialmente. Isso pode variar desde dias isolados até semanas inteiras, durante as quais os trabalhadores reduzem sua produtividade, deixam de responder a e-mails e chamadas, ou simplesmente desaparecem da comunicação diária da empresa.

Falta de supervisão pode causar “Férias Silenciosas”

A ausência de supervisão física pode levar alguns trabalhadores a sentirem que não precisam justificar ausências breves ou mesmo prolongadas. Sem a presença constante de um supervisor, a tentação de tirar um tempo extra para descanso sem formalizar o pedido aumenta.

“Férias Silenciosas” pode ter relação direta com a produtividade reduzida

As “férias silenciosas” podem resultar em uma queda significativa na produtividade, afetando a entrega de projetos e o desempenho geral da equipa. A falta de comunicação pode levar a prazos perdidos e trabalho sobrecarregado para os colegas.

Prática de políticas claras de folga reduz as “Férias Silenciosas”

Empresas devem estabelecer políticas claras e acessíveis sobre folgas para trabalhadores remotos, incluindo processos simples para solicitação e aprovação de férias. Transparência e facilidade no processo podem reduzir a necessidade de “férias silenciosas”.

Fomentar uma cultura de confiança e suporte onde os trabalhadores se sintam confortáveis em comunicar suas necessidades é fundamental. Ao criar um ambiente onde a honestidade é valorizada, as empresas podem reduzir a incidência de “férias silenciosas” e melhorar o bem-estar geral dos funcionários.

As “férias silenciosas” representam um desafio emergente no cenário do trabalho remoto. Para abordar essa questão, é crucial que as empresas implementem políticas claras, promovam um equilíbrio saudável entre vida pessoal e profissional, mantenham a comunicação aberta e desenvolvam uma cultura de confiança. Assim, é possível garantir que os trabalhadores remotos se sintam apoiados e responsáveis, contribuindo para um ambiente de trabalho produtivo e harmonioso.

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

author

Delaman Silva

Gestor na Empresa DELAMAN -  Soluções Web

Ajudo novos negócios ou empreendedores a estabelecerem a sua presença online.

Serviços completos para a sua presença online:
Website profissional ou e-commerce, email profissional, gestão de redes sociais e acompanhamento em toda a jornada.