• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
Dia do Município da Praia. Francisco Carvalho apela à união para dar continuidade ao projecto da construção de um “Praia para Todos”
Política

Dia do Município da Praia. Francisco Carvalho apela à união para dar continuidade ao projecto da construção de um “Praia para Todos”

O presidente da Câmara da Praia, Francisco Carvalho, apelou à união de todos os praienses para dar continuidade ao projecto da construção de uma “Praia para Todos”.

O apelo  foi feito no discurso  da  sessão solene do Dia do Município da Praia, que se  celebra a 19 de Maio, realizada hoje  na Assembleia Nacional,  na Cidade da Praia, e que foi presidia pelo Presidente da República, José Maria Neves.

“Esta é a hora de nos unirmos todos,  homens e mulheres de boa vontade para darmos  continuidade a este extraordinário projecto , que é a construção de uma Praia para Todos , firmes, determinados  e com   muito  amor”,  precisou  o edil praiense,  exortando  a  ruptura  para o regresso  do projecto de  criação de  Cabo Verde para todos e  verdadeiramente  democrático.

“Um Cabo Verde onde cada cidadão, cada munícipe se sente verdadeiramente representado, com voz e vez   e que o Estado, seja ele local ou central, trabalha para a criação de condições para a satisfação das necessidades e anseios da população”, apontou.

De acordo com Francisco Carvalho, durante a sua gestão o Movimento para Democracia (MpD-poder) e o Governo tem sido “implacável “na perseguição e na aplicação de represálias.

Por isso, avançou que   a sua luta tem   sido   frente aos “democratas de papel” e que a   Cidade da Praia está a ser chamada, mais uma vez, a cumprir o seu papel histórico e denunciar o “facto do MpD e   seu Governo não estarem a respeitar a vontade popular”.

“O Governo tem invadido competências municipais e abandonando a governação do País, que está à deriva, sem transporte interilhas, com companhias aéreas que abandonam   o país, com o regresso de cortes de água e energia eléctrica e a emigração galopante", observou 

Francisco Carvalho defende, contudo, que é preciso fazer uma ruptura com a democracia de fachada do MpD, que segundo ele, é um partido que lida com o poder com   enganos e compra de consciências das pessoas.
 
Por sua vez, a presidente da Assembleia Municipal da Praia, Clara Marques, disse que a Capital do País reclama um maior engajamento do poder político e envolvimento dos praienses pelos desafios que enfrenta em diferentes sectores.

“Queremos que esta data seja percebida como uma oportunidade e uma ocasião para reflectirmos sobre a dimensão da Praia e o grau de desenvolvimento que queremos para este território municipal”, exortou,

O dia 19 de Maio faz parte do imaginário dos praienses como o dia do município, uma data que passou a ser celebrada depois da independência nacional, quando em 1974, um grupo de jovens envolveu-se num confronto com tropas portuguesas ao se manifestarem pela independência nacional.

Partilhe esta notícia