Pub

barbosa

Sim, José, concordo. O caso é mesmo sério. É sério, sobretudo, por outras razões. Por termos um ex-primeiro-ministro que nos tem acostumado com meias verdades. Que tem-se pautado por apresentar apenas uma face da moeda e algumas vezes chega a manipular os factos apresentando-os ou truncados ou falseados por forma a caberem nos seus interesses políticos. Que não se tem coibido de laborar de forma consciente em falácias. Quiçá, um hábito enraizado na forma pouco séria como relacionou com os cabo-verdianos quando primeiro-ministro. Senão vejamos:

O país está debaixo de efeitos severos da pandemia com o governo empenhado em salvar a vida dos cabo-verdianos e em evitar uma hecatombe na nossa economia. O governo, não obstante as debilidades do país, tomou em tempo útil medidas excepcionais, assertivas e profundas, levadas ao limite do que é suportável pelo país, em matéria de proteção social e nos planos da educação, da saúde e económico.

Também, em face de três anos de seca severa o governo de Cabo Verde, liderado pelo Dr. Ulisses Correia e Silva, entrou em campo, num esforço titânico para evitar a disrupção social no mundo rural. Mobilizou em tempo “record” avultados valores para operacionalização de programas de mitigação dos efeitos da seca. Não fossem esses programas, hoje, com certeza, estaríamos a vivenciar uma calamidade com efeitos devastadores junto das famílias do campo. E aqui pediria algum esforço mental para imaginarmos o que seria os efeitos da pandemia em cima da catástrofe rural e com a economia estagnada caso o governo não tivesse, sabiamente, atuado assumindo as suas responsabilidades, acudindo os homens e mulheres do mundo rural e se não estivesse a economia a crescer com alguma pujança, isto é, na casa do 5%.

Todavia, eis que o país é bafejado pela bênção do Senhor e temos algumas ilhas a chover copiosamente. Perante isso, o José, num arrebatamento de populismo e demagogia, e numa simulada celebração da chuva amiga que nos bateu à porta, providencialmente, desloca-se a Ribeira Grande de Santiago, supostamente para ver as cheias. No entanto, quando regressa a casa, o José de Pedra Barro, no conforto dos seus luxuosos aposentos na Praínha, não desperdiça aquele que para ele é uma nobre oportunidade para atacar o governo do Dr. Ulisses Correia e Silva. Num golpe de baixa política o José traz a colação a situação social do país e vai ao ponto de pedir que o país pare. Imaginem! Sim, foi isso que pediu quando sugere que as “despesas com arrelvamento de campos de futebol, pintura de equipamentos desportivos, arruamentos, viagens, novas estruturas administrativas, estudos” fossem canalizadas para “cestas básicas, distribuição massiva de máscaras, equipamentos hospitalares e melhorias de cuidados”.

O José, descuidadamente, se atolou no lamaçal das suas incoerências como se tivesse sido apanhado de surpresa pela chuva. Primeiro, ostentando um ar professoral e do alto de uma suposta cátedra que nunca teve, acha que está mais apropriado da situação real do país do que aqueles que o dirige. Num rasgo de arrogância afirma, claramente referindo-se ao primeiro-ministro e ao governo, de que “há quem não tenha a verdadeira dimensão da devastação social e económica que grassa por aí ”, rematando de seguida que “caso contrário, dar-se-ia mais atenção às empresas e às famílias”. Parece àqueles jogadores que encara uma partida de xadrez como se de damas se tratasse, conseguindo vislumbrar a jogada actual e a seguinte sem capacidade de prever sete ou mais lances em frente como é apanágio dos verdadeiros estrategas e campeões. Pois, José, pegando nos teus exemplos dir-te-ei que arrelvar campos de futebol, pintar equipamentos desportivos, tratar da requalificação urbana e da reabilitação das habitações, viagens de Estado e estudos relevantes para o país, inequivocamente, significam tratar das empresas e das famílias cabo-verdianas. Alguém que explique isso ao José, se faz favor, na medida em que é deprimente assistir da parte de quem já foi primeiro-ministro e que tem pretensão de vir a ser Presidente da República esta débil visão de como funciona a economia. Esta sua compreensão da economia permite-nos compreender as razões do mau desempenho económico dos vários governos que liderou. Pois, a sua visão é pela distribuição “tout cour” e pouco se importa com os agentes económicos e com a geração de postos de trabalho para as pessoas, de rendimento para as famílias e de riqueza para o país. E isso, sem falar do impacto do desporto na saúde dos jovens e da sociedade em geral.

Ora bem, o José deve andar na lua. Pois, mostra desconhecimento do que está a acontecer no país. O que o governo tem feito tem amplo espectro e vai muito para além do que sugere. Por outro lado, tem uma lógica diferente que não passa pela matriz de um grupo que anacronicamente se julga dono do país e para quem tudo começa e termina no assistencialismo. Outrossim, é preciso dizer que uma coisa não invalida outra, aliás, o país e a sua economia não têm de parar, devem, sim, ser estimulados para que mesmo no contexto dos efeitos fulminantes da pandemia na economia se possa ter medidas no sentido de a reerguer e assim gerar riqueza que depois é colocada ao serviço do país, nomeadamente para fazer face ao Covid-19 e as necessidades de proteção social.

O José não consegue se libertar de uma abordagem populista e demagógica coerente com os pergaminhos de quem andou 15 anos a propalar o amor, mas reconhece que deixou os cabo-verdianos sem dinheiro para comprar mascaras. Menospreza a grande utilidade dos investimentos de reabilitação de casas, da requalificação urbana, e da construção de infraestruturas desportivas porque é apologista de estradas de milhões que chama de terceira geração e de obras ditas de prestígio. No passado, relegou os municípios ao abandono, deixando-os à sua mercê sem condições para investir nos bairros e nas localidades onde vivem e labutam as famílias cabo-verdianas no dia-a-dia em todos os concelhos e em todas as ilhas. Hoje, ignora o grande esforço que o actual governo, as câmaras municipais e os cidadãos têm feito na distribuição de máscaras, bem como desvaloriza o esforço e os investimentos que vêm sendo feitos no combate à COVID-19 e na melhoria dos serviços de saúde.

Estas chuvas acordaram o José e veio ao de cima a nostalgia do tempo em que ele sufocava financeiramente as câmaras municipais, impunha ilegalmente o pagamento do IVA nas obras e investimentos municipais, alimentava um ambiente de litigância permanente com o poder local. Sim, despertaram no José a sede do populismo e do assistencialismo nas suas formas mais primárias de tornar as pessoas dependentes e subjugadas à vontade do poder, tão bem traduzidas no conceito “paicviano” de combate à pobreza. Não sabe o José que “luta contra a pobreza” é o desenvolvimento e não o assistencialismo? Sendo o emprego a fonte primária de rendimento, luta contra a pobreza só pode significar o combate ao desemprego, preparando os jovens e melhorando o ambiente de negócios no país, a fim de promover mais investimentos e consequentemente mais emprego. O José, este, sim, preferiria a distribuição de uns saquinhos de arroz, umas verguinhas e dois baiões de óleo e depois deleitar-se com a “gratidão” traduzida em capital político e votos.

O José, depois de ter apanhado chuva na cabeça e ver as cheias, não se mostrou detentor de um cérebro oleado e fértil. Esperava-se do candidato à Presidente da Republica um pronunciamento responsável e pedagógico, chamando a atenção às pessoas que, sob que pretexto for, não devem amontoar-se para tomar banhos de chuva na situação de epidemia do Coronavirus que o país vive. Quanto a isto nem uma única palavra de pedagogia do manda-chuva José. Esta mesma postura não passou despercebida, também, no paicv de Janira. Nem uma palavra de incitação ao cumprimento das normas sanitárias anunciadas.

Quo vadis, José? O país recusa-se a seguir-te por este descaminho. O país dispensa-te como luz e guia, pois rejeita os teus caminhos da incerteza, do populismo e do abismo. Os cabo-verdianos têm memória.

Comentários  

+3 # Miliciano 09-09-2020 10:43
Estes brutescos do mpd, como orlando dias negros dotor come e dorme, joana espinho da rosa, etc. sao rabentolas escolhidos a dedo pelo diabo branco que vive as escondidas desde que voltou de merca. Este diabo branco e orelhudo deve estar por detras da extradiçao do Saab. Este homenzinho tem um fascinio pela maldade e infelicidade das pessoas. É um autentico sadista a semelhança de todos os avarentos que compóe o mpd e que estao associados a interesses de outros paises contra cabo verde. So com uma ação patriotica para se livrar desdes abutres ali.
Responder
+2 # SÓCRATES DE SANTIAGO 08-09-2020 18:46
Não é este homem, Emanuel Barbosa, parlamentar do MPD, um dos PIRATAS DOS TERRENOS DE SÃO MARTINHO PEQUENO? Agora resolve malhar no DOUTOR JOSÉ MARIA NEVES, só porque este escreveu uma bonita crónica sobre a queda da chuva amiga e da nostalgia das águas correndo pelas barragens, como nos poemas de António Nunes...O PIRATA EMANUEL BARBOSA precisa, mais uma vez, de apanhar um GRANDE SOCO, igualzinho àquele que o meu primo MOISÉS BORGES lhe tinha tão bem aplicado, no estilo de KUNG FU.
Responder
-3 # Djay 08-09-2020 17:42
José MAria precisa entender que desde 2016 já não é primeiro ministro. Os seus camaradas precisa entender que o José Maria Neves não tem tanta competencia como imaginam, não é o mais competente de Cabo Verde e muito menos ele é Deus.
Emanuel é bom ki bali pa PAICV
Responder
-3 # Dinis 08-09-2020 17:05
Assembleia NAcional tem 72 de[censurado]dos, mas poucos como o Emanuel Barbosa. O Emanuel Barbosa não presta para os camaradas. Emanuel Barbosa só não presta porque é do MpD e o MpD está no poder. Emanuel Barbosa não presta porque ataca a corrupção do PAICV. Emanuel Barbosa não presta porque ataca a ideologia totalitária do PAICV. Emanuel Barbosa não presta porque é bom.
Imaginem se o Emanuel Barbosa fosse do PAICV e o PAICV estivesse no poder e estivesse a fazer o mesmo trabalho que faz. É claro que estes camaradas que hoje o atacam, meia dúzia que se desmultiplicam em perfis falsos, estariam a lambe-lo os pés e outros sítios.
Responder
+1 # E M Barbosa 08-09-2020 16:58
Bem que já tinhan avisado que o gajo tem intestino ligado ao cérebro.
Como não acreditaram, ele veio confirmar.
Responder
+1 # E M Barbosa 08-09-2020 16:56
Você devia deixar o parlamento.

Você envergonha este país
Responder
+2 # Arlindo 08-09-2020 16:01
È triste termos um de[censurado]do deste tipo. Vejam só, trata o ex 1º Ministro por José se Pedra Barro e o actual 1º Ministro por Dr Ulisses Correia e Silva. É uma vergonha, principalmente pelos colegas de parlamento.
Responder
+3 # Benvindo Rocha 08-09-2020 14:23
Quando estão atormentados começam a afrontar os humildes, com ofensas, procurando diabolizar os grandes feitos daquele que sabiamente sob pensar Cabo Verde em 15 anos, com VISÃO e com obras.
Este 'panfleto' não terá efeito porque, aquilo foi escrito e construido com ajuda DEUS, os filhos demónio não destruirão.
Lembra-se: O mal reverte sempre para quem o provoca. É a lei de causa e efeito. Tenha juízo e produza um artigo com sapiência.
Responder
+3 # Bofi 08-09-2020 11:41
Em vez de rezar que chova mais, este gajo vomita baboseiro... Que Deus nao lhe oiça.
Azarado tsiup...,
Responder
+2 # Ciganinho Babosa 08-09-2020 11:30
este ciganinho que deu muitos golpes em portugal, achadinha e agora nos terrenos de são martinho devia ter vergonha na cara e pelo menos ligar o tubo na barragem de salineiro e irrigar a terra que roubo e dar de comida aos pobres para puder pagar tantos pecados que já cometeu nesta vida e que sua alma possa libertar de tanto magoa que carrega. paxenxa propi.
Responder
-4 # Eliseu Pereira 08-09-2020 08:03
O José Maria Neves está com um comportamento indigno, pouco próprio de um estadista que já foi primeiro-ministro.
Devia ter algum comedimento nos seus posts, abster de atacar o governo, além do mais de forma gratuita, e, sobretudo, devia ter solidariedade para com o governo num momento muito difícil para o país e para o mundo. Se atacar o governo neste momento é um contra-senso muito pior é atacá-lo com inverdades. O post do José Maria Neves é um rosário de mentiras. Pretende com estas mentiras ludibriar o povo para chegar a Presidente da República e não compreende que os cabo-verdianos não quer um mentiroso no cadeirão do Palácio do Platô.
Zema xinta mô.
Responder
-3 # Maiuca 08-09-2020 06:18
Comentários contra dja nu ca sabi é kenhi. É um pessoa só. Kel mesmo pessoa ku vários perfis falso ki ta sta la na lança porcaria de se boca. El ca pode screvi artigo de qualidade moda emauel ta restal ser comentador de comentario de porcarias. Dja bu vira especialista de perfil falso. Cantu kes ta pagau? Bandido.
Responder
-5 # Rei 08-09-2020 06:15
Emanuel nu ta admirau cada vez mas. Bo é um homi de convicção que cabo verde mesti. Tudo vez que bu publica na jornal de Janira es ta djunta pa es bem atacau mas isso ca ta parau de torna bem e torna fla o que bu ta pensa. é si propi que ta fazedu. PA continua. Es ca gosta mas nos nu gosta. Djes fronta dja.
Responder
+6 # Emanuel Delgado 07-09-2020 21:52
Vindo da parte deste escriba, não merece o mínimo credibilidade.

Você devia deixar o parlamento.

Você envergonha este país.
Responder
-4 # Salustiano Carvalho 08-09-2020 08:18
Tudo bem explicado Depotado EMANUEL BARBOSA .As suas pinceladas, tira sono anos tambarinas. Agora, só queria perguntar ao senhor Emanuel Delgado se falar verdade dá lhe motivo de chamar alguêm de escriba?
Responder
+5 # José 08-09-2020 12:16
Que verdade? Este artigo é nada mais nada menos que o sinal de ódio que tem pelas gentes do PAICV, neste caso o dr. JMN. Quando esses políticos, como o articulista, tem esse tipo de atitudes o que se pode esperar do comum dos cidadãos? Depois dizem que a oposição está a manchar o bom nome de Cabo Verde.
Responder
+5 # Piduca 08-09-2020 07:57
O homem mais rancoroso que já existiu na face da terra. Este Barbosa é um anormal e brutamontes.
Responder
-3 # Alerta vermelha. 07-09-2020 21:41
"Quo vadis, José? O país recusa-se a seguir-te por este descaminho. O país dispensa-te como luz e guia, pois rejeita os teus caminhos da incerteza, do populismo e do abismo. Os cabo-verdianos têm memória."
Emanuel...Emanuel...!!ainda bem que Carlos Veiga e os seus conselheiros estrategas não pensam assim, pois com discurso do tipo, a partida ficaria resolvida em meio tempo.
Responder
+4 # Paxenxa 07-09-2020 21:31
Primo toma ton rapaz. Komo di[censurado]do di diaspura bu devia fazeba un bokadinho mas pa diaspura en vez di bu sta ik ga diaborea!
Responder
+4 # Apaixonado por voce 07-09-2020 21:29
Mo gaju li so pode ser é apaixonado pa mos José Maria Neves. Mas rapaz nen ki bu bira mudjer nos José Maria Neves ka ta kreu.
Responder
+2 # Firmino Baessa 07-09-2020 22:52
Kkk
Responder
+1 # Rabentola 07-09-2020 21:26
Agência de notação financeira S&P mantém 'rating' de Cabo Verde no 'lixo'...
Responder
+4 # bakossa 07-09-2020 20:57
mundu interu dja fika ta sabi ma nhô furta terrenos di Stadu na Sanmartinho Piqueno.
E ma bu violenta mudher di[censurado]da.
Responder
-3 # Álvaro 07-09-2020 20:40
Boa análise EB. JMN não tem feito outra coisa por sinal indicente senão ficar a espreita como um ladrão para dar a sua alfinetada quando as coisas não correm bem tentando sacudir água de capote por ser o 1 responsável pela situação em que deixou o país, crescimento anemico, dívida pública impossível de Gerir, déficit público exorbitante um país classificado de rendimento médio no entanto com 1/4 população muito pobre e taxa desemprego a 15% sem aviões e sem barcos e serviços de saúde edo ensino e da função pública a beira de colapso. Estes ganhos do governo de Ulisses incomoda JMN porque sabe que mais uma vez vai ficar a espreitar as eleições presidenciais
Responder
+4 # Poema-Diferente!!! 07-09-2020 20:08
Ah...estou mesmo feliz com todos os comentarios já postados, pois sinto que nesta nossa terra CV, ainda há pessoas de valor, que sabem e ousem distinguir entre o alho e o bugalho. De facto o JMN tera sim os seus defeitos, e comete os seus erros, mas evidenciou de forma profunda as suas virtudes humanas e governativas, com amor-a-terra, soube co-projetar uma Visao com valores para CV, sendo por isso muito apreciado por este Povo. O ditocujo nao lhe chega aos calcanhares. Bá kata kukim.. bá bska bôs clega: los Pynus Casimirus, etc. Los populistas!!! Los mercantilistas. Los SOFAistas!!!
Responder
+6 # Carlos santos 07-09-2020 18:30
Emanuel Barbosa...ba cala bo moss. Palerma...
Bo sta mesti oto soco sima kel ki Moise dau ma ness bess pa dau el na boca da pa calau boca.
De[censurado]do mas burro e mas palerma ki dja odja na kel assembleia la. Credo nhô
Responder
+6 # Colundjul51net@hotm 07-09-2020 18:00
Tenham cuidado, este senhor pode estar com falta de uma consulta no TILELA.... elemento extramamente perigoso para Caboverde.....
Responder
+5 # Simplício Mendonça 07-09-2020 17:26
Ka nhôs dadji nel, ê ti si k'ê podi. Ê ten ki paga si tachu. Ê ata rapartidu lumi di ôtus kadera.
Responder
+5 # Modi? 07-09-2020 16:53
José da respeita José, gó pobre Emanue, isolado ta tenta mexe José.
Kume ku bu pafuko homi. Bu ta panha .mau inda.
E ka bu meti na asunto di Jdé ku Csrlos ki kela e komberso di alguem gandi.
Responder
+5 # Gregorio Gonçalves 07-09-2020 16:33
Caro Primo, já vi que és CASMURO, Burro propi. Sabias ue no tempo de aságuas as MOSCAS abundam? Tinha te pedido para pensar na MOSCA antes de abrir a boca, mas infelizmente bu ka ta obí. Na crónica anterior falaste sobre dirigentes anteriores e quando chegaste no José Maria passaste que nem foguete de festa na bila. Dez bez nho kiz dal ku pó. Patético mesmo! Ma oji propi n diskubri pamo bu ten tanta raiba de Zemas - é pou kornu ki panhau benhu. É kurti pikena di bu bida. Paxenxa pa bo. Sima bu kori di Muzés, ki é di kes maior mufino kin konxi, n ka ta ntendi pamo nhu ta toma konta pa Kutxis, omi ki kria mininu dentu di prujetu públiku di banana di Santa Cruz herdadu pa se pai. Ago xan flau - antis di bu proximu pasu pensa na kafanhotu. Pateta!
Responder
+4 # Ermelindo barbosa 07-09-2020 16:30
Emanuel, bo bu sta dodu bu cre tem canal na nome de Zé Maria, cumi cu bu paduco, dja bu fadiga?
Cria vergonha na cara, djobi bu colega mos.
Homi, cria Vergonha, cala boca, inda bu ca odja ma bu rapazes dja largau na txada,

Consedju de amigo toma juiz, djan tinha fladu el pessoalmente.
Abraço meu caro djobi bu colega bu fala col ta?
Responder
+4 # OVIDIO 07-09-2020 16:27
O emanuel devia estar mais reservado porque o Moisés ainda tem mais sovas para ele, entre Prais, Tarrafal ou Assomada. Está tudo a se planificado.
Em Sao Vicente também ele edtá sendo esperado
Parece que o homem tem uma única saída qur é tegugiar se na emigraçáo..
Responder
+2 # 15 Anos 07-09-2020 14:59
Emanuel, cu Zé Maria Neves, dja bu atcha alguem de brinca cuel propi.

Lembre-se que o José Maria Neves vos deram TRÊS DERROTAS consecutivas. E sabe porquê? porque o povo o admira pela sua seriedade, trabalho e honestidade. O Neves trabalhou mesmo para este país. Ele não andou a fazer brincadeiras de coisinhas como vocês, em que todo o governo e as câmaras se transformaram entidades de obras de cosméticas, pensando unicamente nos votos, gastando todo o dinheiro em coisinhas que não levam o país para lado nenhum. Neste momento não sabemos para onde vamos. Falta Cabeça, e Perspetivas.
Responder
+3 # mintroso 07-09-2020 14:49
distribuição massiva de máscaras?!
Seu mintroso
Responder
+5 # kaima 07-09-2020 14:37
Grande esforço do manel para atingir "o josé".
Mas veja aos espelhos seguintes:
- "O José"esteve 15 anos no poder como primeiro ministro deste país e durante todo esse tempo nunca roubou;
- A bô, Emanuel, ao fim di 4 anu como di[censurado]du da nasao (?) dja bu ka furta terrenos na sanmartinho ti farta bus dijejos.
Responder
+6 # na boita mundu 07-09-2020 14:30
o país está debaixo dos atos severos de roubo de terrenos por parte do de[censurado]do emanuel barbosa e outras destacadas figuras?
"O José" e a janirinha irão por as coisas mais ou menos no seu lugar, porque cabo verde está escangalhado transversalmente.
Responder
+7 # Bofi 07-09-2020 14:29
O gajo perdeu o norte, el sa ta fazi frete pa ca perdi tacho, rssss....
Responder
+9 # josé barreto 07-09-2020 13:44
Emanuel holifield e Mike Taison, levou um soco e caiu, este é apenas o primeiro assalto de um combate! ainda vais levar muitos socos neste seu focinho!
Responder
+8 # Celestino Silva 07-09-2020 13:35
Com este texto autopassaste um certificado de imbicilidade.

Próximo ministro de imbicilidade.

Muda bu posição de fazi política moz, estau feio, abo e um vergonha pa casa parlamentar, bu meste tratamento de verdade.
Responder
+4 # Pedro lima 07-09-2020 13:26
EMANUEL BARBOSA....abo sinceramente...abo é mesmo um atrasado mental.
Bai cata coco ta ficau midjor moss
Responder
+8 # KNOCKOUT 07-09-2020 12:40
Txoma-m Moisés Borges, pa ben-li, favor!
Responder
+8 # Zé de Txada 07-09-2020 12:38
O ladrao de terrenos a tentar limpar a imagem com artigos escrito por Alte e pago com dinheiro de visita ao círculo eleitoral que nunca efetuou. Um grande ladrãozinho.
Responder
+11 # Talis di Santiagu 07-09-2020 12:02
Futuru ministru di txakota.
Responder
-7 # Chico Mendes 07-09-2020 11:23
Emanuel se na kel otu artigo ki era pacifico es atacau bai nha rubera keli ki ta ataca ses rei nca sabi é modi. Txoma minis pa defendeu senau cau mau. Prepara pamodi es sa ta bem pou rabo txifre ta fica ta faltau so lumi pa bu cria bu inferno.
Responder
+8 # WESLEY SPENCER 07-09-2020 10:43
O CARA TA DANTO PRA INTELECTUAL AGORA, ESSE É O EMANUEL BARBO, QUE QUASE BATEU NA COLEGA DE[censurado]DA POR S.V EM PLENA ASSENBLEIA NACIONAL DE CABO VERDE, AINDA Ñ LIVRASTE DE RESPONDER COMO RÉU POR ESTE ATO HEDIONDO NA CASA DA DEMOCRÁCIA...
Responder
+9 # FIDEL CASTRO 07-09-2020 10:19
Só 3 palavras - Forti trivimento Barbosa!
Responder
+7 # Nho Nacho 07-09-2020 14:10
Ês senhor é devi tem algum kusa mal resolvido ku José Maria Neves ki é ka ta tral di si cabeça.
Será ki foi o ki de[censurado]do Orlando Dias flaba na parlamento um bez ma"José Maria Neves tra troca di mudjer sima troca di camisa" será ki é ês ki é problema di Emanuel Barbosa?
Responder
+4 # Aurélio Barbosa 07-09-2020 20:41
Tudo leva a crer que sim. Contudo acrescento que o manel está a pisar uma linha vermelha e se calhar, está "nocenti" sem ocupação que nem deu conta que está a auto-armadilhar-se...!
Bom; pelo sim pelo não, toma xintido manel...o Dr José Maria Neves é de Pedra Barro sim. De Santa Catarina e com certeza, acredito, com muito orgulho. Eu também sou BADIU deste Concelho. E tu? De onde és ? Vieste de onde ? Para onde pensas ir?
Talvez pensas ir a algum lugar...Talvez até ao nível dos colhões deste político nato que tanto odeias...Deste jeito nem lá chegas...!
Responder
+2 # Caboverdiano 07-09-2020 23:44
Eu já tinha avisado que o gajo tem intestino ligado ao cérebro.
Como não acreditaram, ele veio confirmar.
Estejam mais atento com ele!
Me dói saber que o gajo não faz nada, sobrevive do nosso suor e pensa que pode continuar pensar em continuar nos enganar.
Caramba!
Por onde passa, pisa no trabalho de José Maria, vive comendo e bebendo do que sobrou do José Maria, ganha e rouba o que o José Maria não estorquiu durante o seu mandato em resmungando.
Até se atreveu mexer com o nosso saudoso Amílcar Cabral.
Querem que eu diga que um salafrário desse nos representa?
Viver a democracia é aceitar e pagar pelas burrices de cada espertalhão?
Por andar da carruagem vão aparecer muitos "Muzes" por aí!
Já me sinto um deles...
Responder