Pub

Praia Bech Games Final 16

A Federação Cabo-verdiana de Halterofilismo agendou para 22 de Setembro, na Praia, a realização do campeonato nacional de culturismo em “Live Team”, prova na qual espera contar com um número significativo de participantes de diversos pontos do país.

O presidente da FCH, Bino Santos, fez esta revelação no final da I edição do concurso “Strong Man Cabo Verde” que consagrou o culturista Gerson Patrick Semedo, elemento da Polícia Nacional, da cidade de Assomada, como o grande vencedor, ao relegar José Austelino e Abdulay Sané para a segunda a e terceira posição, respectivamente.

A prova, que contou inicialmente com o concurso de sete dos cinco finalistas, Santos considera que superou todas as expetativas, pelo que promete implementar esta competição às seis associações regionais já existentes.

Bino Santos traça um balanço “extremamente positivo” desta prova inédita no país e revelou que o plano da federação passa pela criação da associação regional de halterofilismo em todas as 11 regiões desportivas do país, para que o halterofilismo possa ser competido por um número cada vez maior de culturistas e nível nacional.

O “Strong Man”, explicou, se afigura como um dos eventos da FCH, acrescentando que na competição do halterofilismo existe várias outras disciplinas competitivas.

A prova foi disputada no areal da Gamboa durante três dias nas disciplinas de tombo de pneus, levantamento de halteres, caminhada de fazendeiros, levantamento de tronco e levantamento da viatura.

Com Inforpress



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar