Pub
Por: Vanny K.LOPEZ ku Tchilac Furtado

 vavytxilac

Bu toka-m moda Rei

Na inkantu di sereia peli sen papel

Mordedu na bu bexu

Na obidu bu murmura

bo e di meu

 

Flor di purfumu sen balei

N sumara bu fragansia na areia

Di nha boka kapri jemidu

Pabia bo e anju ki kai di seu

 

Nos dos e mistura di mar

i oseanu

Nos e bunitu Kordas di liana na pulsu

Moda roza plantadu na kurason

Nos e lus na sonbra di mundu

Ku aroma di AMOR ta lanbu-nu

 

Karisianti...

 

Bo e petu ki resebe-m

Nes disviu di SENTIMENTU sen parakeda

Sekura di paxon

Dja diskansa na bu onbru konsolu

 

Na pas bu tarse surizu ki indoxa-m

Na bua bu salta sen pensa na keda

Agu na boka bu ferbe-m ku vulkon

Trabadju ardu ku paraizu na miolu

 

Vontadi i mimu grandi

Transborda nha petu

Na Lus di pabiu asezu

Na nos kama

Es oliar sekretu

Bu fitxa-m na bu petu

Korpu treme-m

Bu diskubri-m

N rispira bu ar

Bu fase di mi un nobu Mudjer

N kre amau mas ki ninguén

Na meiu des multidon

N kre ser bu Ser

 

Ku lumi ki ka ta paga

Bu tisi nha briu pa sendi dia ku noti

Nes nobu paladar di nha Omi

N kre ser bu ser...

 



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar