Pub

maria do rosario

A presidente da Comissão Nacional de Eleições, Maria do Rosário Gonçalves, foi eleita ontem, 7, em Abuja, Nigéria, para o cargo de presidente da Rede de Comissões Eleitorais da CEDEAO (ECONEC).

A eleição aconteceu durante a 6ª Assembleia Geral Bienal da ECONEC, encontro que marcou a saída do anterior presidente da organização, o nigeriano Mahmod Yakubu, que dirige a comissão eleitoral do seu país.

Maria do Rosário Gonçalves vai, doravante, supervisionar os assuntos de ECONEC durante os próximos dois anos, juntamente com os membros do Comité Director, onde estão o presidente da comissão eleitoral do Burkani Faso, Newton Ahmed Barry, como o 1º Vice-Presidente, o ganbuiano Momar Alieu N’jai, como 2º Vice-Presidente, Amadou BA, do Mali, que será o tesoureiro e a ganesa Jean Mensah, como vice-Tesoureira.

De acordo com o estatuto de ECONEC, a Assembleia Geral teve de aprovar uma resolução unânime que confere o título de presidente honorário da Rede ao nigeriano Mahmood Yakubu, que liderou a organização nos últimos anos, “em reconhecimento da sua liderança exemplar e contribuições para a promoção da democracia e da boa governança na região da CEDEAO”.
 
No seu discurso de posse, Maria do Rosário Gonçalves, segundo a imprensa nigeriana, mostrou-se empenhadada em cumprir as responsabilidades da ECONEC e melhorar o processo eleitoral na região..

A próxima assembleia geral Bienal da ECONEC acontecerá na cidade da Praia, em 2021.

 



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentários  

0 # Manuel Miranda 08-08-2019 20:55
Congratulations.
Responder
+1 # Armindo M. Tavares 08-08-2019 13:06
Orgulho-me das mulheres caboverdianas, particularmente desta, a Dra. Maria do Rosário, que tanto tem de inteligente, como da simplicidade e de boas maneiras de agir, quer no ataque, quer na defesa. Aliás, é de uma personalidade e inteligência tão raras, que mesmo atacando, defende-se, senpre com aquele sorriso que desarma qualquer agressor. Bastavam poucas duzias de inteligências iguais para que Cabo Verde verdejasse.
Forças, minha filha, que todas as musas te inspirem, que as solas dos teus sapatos cheguem intactas ao fim do teu percurso.
Muitas felicidades, fidju fémia.
Responder