Pub

 boas novas

Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu (Hebreus 10: 36)

Testemunhos de pessoas que perseveraram anos por algo e o conquistaram me fascinam. Conheço uma senhora que, ainda jovem, decidiu viver de acordo com os padrões de Jesus, e a partir dali começou a orar por seus pais para que pudessem experimentar a alegria verdadeira que só Jesus dá. O pai faleceu logo, mas reconciliado com Deus. Por sua mãe essa senhora por mais de 30 anos, mas nenhuma mudança acontecia com ela, até que um dia ficou bastante doente e precisou ser internada. Ali ela finalmente entregou sua vida por completo nas mãos de Jesus. Que alegria! Mãe e filha cantavam hinos de louvor ao Senhor. Não muito tempo depois, a mãe faleceu, mas com a certeza da paz com Deus e da vida eterna, e a oração daquela filha finalmente fora atendida.

Moisés foi quem Deus escolheu para tirar o povo de Israel da escravidão do Egito. Ele e seu irmão Arão deveriam falar com o Faraó – rei do Egito – para que deixasse o povo ir adorar a Deus, mas Deus logo os avisou de que haveria necessidade de persistência. Nove vezes os dois foram falar com o faraó e a resposta sempre era a mesma: “NÃO!” Não deve ter sido nada agradável receber esta resposta tantas vezes e ainda assim voltar lá e pedir outra vez. O que os fez persistir? O próprio Deus. Durante o tempo em que faraó resistiu, Deus fez vários milagres para provar que não havia outro Deus igual a ele. No fim tirou o povo do Egito com grande poder e tudo foi um testemunho para todas as nações  sobre o Deus a quem serviam.

Às vezes pode ser bem difícil seguir a vontade de Deus, e então a persistência torna-se essencial, mas vale a pena, pois a vitória é certa. Enquanto esperamos Deus atender, ele vai trabalhando em nossa vida, se permitirmos. Por isso não se deixe desanimar pelas adversidades, mas permaneça fiel. Só não persista no que não é a vontade de Deus!

Leitura Bíblica: Êxodo 6: 28 – 7:6

Se persistirmos em viver com Deus, ele garantirá a persistência do resultado.



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar