• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
Comentário, e não resposta ao Dr. Júlio Andrade
Ponto de Vista

Comentário, e não resposta ao Dr. Júlio Andrade

Não queremos responder ao Dr. Júlio Andrade, cujo paleio é fruto de sua arrogante demagogia, e não vamos cair na esparrela de entrar no joguinho dele pois nesse campo ele é muito forte, e, de certeza, sairíamos a perder. Entretanto, deixamos-lhe este aviso, em relação a eventual recuperação e ameaça de sua enferma esposa, (por quem, como cristão praticante, rezamos todos os dias para o seu pronto restabelecimento), que estamos a “tremer de medo”.

O Doutor Júlio Andrade quer fazer-se agora de cordeiro, fingindo ser o anjo da guarda dela, zelando pelo seu bem-estar. Pois, como o Doutor bem referiu no seu “bla-bla” (n.d.r. uma nota do dr Júlio Andrade na caixa de comentários de Santiago Magazine, em reação ao artigo de opinião de Zefra intitulado "Ponto final no controlo biométrico digitalizado") há mais de quinze (15) anos que convivemos com ela, onde, todo esse tempo, ela teve a oportunidade de se queixar dos maus tratos de que era vítima do senhor doutor, e que era frequente, e, várias vezes, nós fomos, um dos colegas que a consolou e reconfortou! Ora permita-nos, lhe lembrar que o senhor doutor é o principal responsável pela infelicidade dela:

Ponto 1: É do conhecimento de quase toda a Cidade da Praia, e não constitui segredo nenhum, das suas escapadas amorosas com uma das jornalistas de Televisão de Cabo Verde (TCV), primeira causa do desequilíbrio emocional da sua esposa, a tal ponto, que, quando na sala de repouso do Bloco Operatório do Hospital Agostinho Neto (HAN), ela fechava o televisor com tamanha fúria, quando era a dita jornalista que estava no ecran, proferindo injúrias e ameaças!

Ponto 2: Se não fosse o estatuto que ostenta de “todo poderoso” que usufrui no seio do seu partido político, o que aliás explica a sua arrogância, há muito tempo que já devia estar molestado, por violência baseado no género (VBG), pois, quantas vezes tivemos de consolá-la e e reconfortá-la no Hospital Agostinho Neto, onde vinha verter lágrimas pelos maus tratos que ela recebia de sua parte!

Agora, o aviso que lhe deixamos, e não esqueçamos o ditado “quem avisa amigo é”, é que, se quiser mesmo proteger a sua esposa, após, a sua recuperação completa (sinceramente, assim é o nosso desejo), é de aconselha-la a levar uma vida tranquila, sem tribulações, pois já passou por uma situação crítica, e não deve ameaçar ninguém de represálias, muito menos a nossa pessoa, pois não hesitaremos em defender-nos de uma maneira tão vigorosa, aliás, já estamos preparados, pois desde 29 de Março passado, (se o Dr. Júlio tiver boa memória, deve-se lembrar, que quando era PCA do HAN, fomos dar queixa oralmente contra sua esposa, justamente, de boa fé, para evitar que o doutor tivesse de tomar uma posição oficial contra sua própria esposa, mas com a sua arrogância fez “orelhas moucas”, e esta atitude teve como consequência uma queixa, contra sua esposa, diretamente ao Ministério da Saúde e Segurança Social), que temos escrito e pronto para ir para a Imprensa, um artigo muito mais virulento em nossa defesa contra as actuações de sua esposa. Pois, pode crer, que faremos chegar ao público este artigo, para se ter o conhecimento da verdadeira natureza da sua esposa (ela foi poupada por causa, do seu internamento em condições drásticas que sabemos)!

Mais ainda lhe digo, que quem combateu a Pide, e é reconhecido como combatente da Liberdade da Pátria, nunca se deixará intimidar por uma “pequena saloia de portuguesa” que diz Cabo-verdiana, quando lhe convém porque obteve dupla Nacionalidade pelo casamento, mas, que no fundo, se apresenta como branca e portuguesa, porque Cabo Verde é uma “Terra de Pretos”, desvalorizando, por completo todo o tempo que já aqui passou no nosso maravilhoso País.

Ainda, se não sabe quem é Zé Fragoso ou Fragosinho, pois viveu no nosso bairro de Achada Santo António, depois da minha partida para Universidade, damos-lhe um conselho de perguntar sua excelência, sr. Presidente da República Dr. Jorge Carlos Fonseca, para nós antigo colega do Liceu Adrano Moreira (LAM), “zona”, brilhante aluno, ou actual Embaixador de Cabo Verde em Portugal, Eurico Monteiro, (“Dico” para nós do bairro de ASA), sendo ambas essas personalidades citadas grandes amizades suas!

Portanto, e para concluir, Dr. Júlio Andrade, muita cautela no modo como vai gerir a recuperação de sua esposa!

*Zefra
Nome artístico do Doutor José Manuel Fragoso
Médico-Cirurgião, Senior Hospital Agostinho Neto (HAN)
Praia, 14 de Novembro de 2020

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!