Detido suspeito de atirar contra deputado Manuel Moura
Sociedade

Detido suspeito de atirar contra deputado Manuel Moura

A Polícia Nacional (PN) já deteve um suposto autor do disparo contra o deputado do Movimento para Democracia (MpD), Manuel Moura. O caso, recorde-se, aconteceu este sábado, 27, durante um presumível assalto na zona de Terra Branca, Cidade da Praia.

Segundo uma fonte policial “trata-se de um jovem de pouco mais de 20 anos, que deverá ser apresentado nas próximas horas ao tribunal para conhecer a medida de coação”.

Manuel Moura, atingido por uma arma presumivelmente de fabrico artesanal, habitual neste tipo de crime “está estável e fora de perigo”, segundo disse este domingo à imprensa o líder da bancada parlamentar do MpD Paulo Veiga.

O crime aconteceu na mesma noite em que o MpD concluiu, na Praia, a XIII Convenção Nacional, juntando cerca de 300 delegados.

Manuel Moura foi eleito deputado na X legislatura (2021 a 2026) nas listas do MpD pelo círculo eleitoral de Santiago Sul e integra a comissão especializada de Relações Externas, Cooperação e comunidades da Assembleia Nacional.

Entretanto, o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) solidarizou-se hoje com deputado baleado e pediu que Governo assuma a sua responsabilidade no combate à violência.

O Secretário Geral do PAICV, Julião Varela, disse ainda, em conferência de imprensa, que o partido está preocupado com a expansão da violência no país.

 

Partilhe esta notícia

Comentar

Inicie sessão ou registe-se para comentar.

Comentários

  • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!