• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
Congresso de quadros cabo-verdianos adiado por causa do Coronavírus
Sociedade

Congresso de quadros cabo-verdianos adiado por causa do Coronavírus

A organização do Congresso Internacional de Quadros Cabo-verdianos, previsto para 21 a 23 de Maio, na Praia, anunciou hoje o adiamento do evento para Outubro, devido ao alastramento da epidemia do novo coronavírus.

Em comunicado, a organização do evento, que conta com o alto patrocínio do Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, e que deveria juntar na capital 250 quadros que residem na diáspora, justifica a decisão de cancelar e remarcar o congresso em função das “orientações da Organização Mundial de Saúde” face à epidemia de Covid-19 provocada por um novo coronavírus.

O evento previa contar com a participação de 500 pessoas, metade dos quais quadros cabo-verdianos que trabalham em 25 países.

Recordando que a realização do congresso implicava a deslocação de cabo-verdianos na diáspora para a capital do país, a organização explica que a decisão de cancelamento “surge como resposta à epidemia global provocada pelo Covid-19, em virtude do risco que o mesmo representa para a saúde pública internacional, afetando, hoje, vários países onde se encontram alguns dos pontos focais da organização” e que são “essenciais para o sucesso” do evento.

“Em sintonia com as preocupações de todos os parceiros, designadamente a Presidência da República de Cabo Verde, a Assembleia Nacional, o Governo de Cabo Verde, as embaixadas de Cabo Verde espalhadas pelo mundo, a Associação Nacional dos Municípios, as universidades, os demais parceiros e todos os pontos focais nos 25 países onde reside a nossa diáspora, e seguindo as diretrizes da OMS, ficam também cancelados, preventivamente, alguns dos eventos que estavam previstos no âmbito do processo de organização do congresso”, lê-se no comunicado.

Segundo a organização, o Congresso Internacional de Quadros Cabo-verdianos tem agora a “data indicativa” de realização de 15 a 17 de outubro deste ano, também na cidade da Praia.

O congresso pretende colocar os cabo-verdianos residentes na diáspora a partilhar experiências, conhecimentos e os resultados da integração, dando conta de casos de sucesso em vários domínios.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou 3.385 mortos e infetou mais de 98 mil pessoas em 87 países e territórios, incluindo nove em Portugal.

Das pessoas infetadas, mais de 55 mil recuperaram.

Além de 3.042 mortos na China, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Hong Kong, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América e Filipinas, San Marino, Iraque, Suíça, Espanha, Reino Unido e Países Baixos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.

Com Lusa

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!