Pub

Any Delgado

A Fnac, um dos maiores retalhistas de literatura, música, cinema, fotografia, jogos e equipamentos tecnológicos em Portugal, é mais um aliado de peso na candidatura da morna a Património Imaterial da Humanidade, através do Projeto Orgulho Nacional, da autoria de Any Delgado (foto).

A conhecida cadeia decidiu apoiar o 'Projecto Orgulho Nacional', promovendo uma Quinzena de Morna, a decorrer de 16 a 30 de março, na loja do Fórum Almada, em Portugal, e cujo programa será divulgado em breve.

O 'Projeto Orgulho Nacional', da autoria de Any Delgado, cabo-verdiana residente na Holanda, tem como missão promover a morna, seus intérpretes, compositores, autores e evidenciar o seu papel ao longo da história de Cabo Verde, junto da comunidade cabo-verdiana, no âmbito da sua candidatura a património cultural imaterial da humanidade. O projecto enaltece assim as nossas raízes, mostrando ao público factualmente, que a Morna é a alma do povo cabo-verdiano.

Recorde-se que a candidatura da morna a Património Imaterial da Humanidade foi entregue a 26 de março do ano passado, não tendo havido "nenhum reparo" por parte da UNESCO, conforme declarou o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente.

A decisão será anunciada na próxima reunião do Comité do Património Cultural Imaterial da UNESCO, a realizar na Colômbia, em dezembro de 2019.

Note-se que este apoio da FNAC será até à resposta da UNESCO e estenderá de norte a sul de Portugal e ilhas, Açores e Madeira.

Comentários  

0 # Carla Sousa 07-03-2019 14:33
Parabéns, Any.
Que continues a fazer este excelente trabalho. És a única que está a fazer todo o empenho na promoção da Morna.
Que continues, sempre! Força!
Responder