• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde
Francisco Carvalho. “Para além do óbvio” é um convite para uma análise um pouco mais aprofundada
Cultura

Francisco Carvalho. “Para além do óbvio” é um convite para uma análise um pouco mais aprofundada

O livro “Para além do óbvio”, da autoria do sociólogo e político Francisco Carvalho, lançado esta quinta-feira, 17, na Cidade da Praia, pela Editora Santiago, é um convite para uma análise “um pouco mais aprofundada”, considerou o autor.

“Para além do óbvio” é uma colectânea de crónicas publicadas pelo sociólogo e político no jornal online Santiago Magazine, que este ano completa três anos de existência.

Francisco Carvalho afirmou, na ocasião, que o próprio título do livro é uma mensagem, uma vez que convida as pessoas para uma análise para além daquilo que é apresentado à partida e, de certo modo, um combate a um problema que “muito afecta” a sociedade cabo-verdiana que é “a questão do ‘achismo’”.

“O ‘achismo’ tomou conta de tudo. Então, é necessário despertar para esse problema para então partirmos para a análise das coisas de uma forma mais aprofundada, com mais rigor académico e científico e mais objectividade”, explicou.

Francisco Carvalho, que é candidato à presidência da Câmara Municipal da Praia nas eleições autárquicas de 25 de Outubro, acrescentou que o livro é uma reflexão sobre Cabo Verde no geral, sobre a sociedade cabo-verdiana, e que inclui também a Cidade da Praia.

“O livro é um conjunto de artigos e há artigos que tem enfoque específico sobre a Praia, mas também há enfoque sobre várias outras questões e outras temáticas”, sustentou, afirmando que a sua intenção é somente provocar o debate.

A apresentação da obra esteve a cargo do antigo primeiro-ministro José Maria Neves e do jurista e professor de direito João Santos.

José Maria Neves disse tratar-se de um livro da ciência política e acção política que acaba por provocar polémicas e suscitar debates em torno de agendamento de políticas públicas em Cabo Verde.

“É um livro que acaba por analisar questões como o desgaste das instituições, a crise da democracia e emergência do populismo e os seus reflexos no processo de desenvolvimento do País”, disse, indicando ainda que o mesmo aborda um conjunto de políticas públicas, nomeadamente no domínio da habitação, da saúde, da gestão de solos, segurança e ordens públicas, privatizações e transparência na gestão da coisa política.

“É uma obra que suscita questões pertinentes em relação ao agendamento, formulação e implementação das políticas públicas em Cabo Verde nos mais diferentes domínios”, anotou, recomendando a leitura, sobretudo daqueles que estão interessados na vida política nacional, no sentido de se ampliarem os horizontes.

Com Inforpress

Partilhe esta notícia

SOBRE O AUTOR

Redação

    Comentar

    Inicie sessão ou registe-se para comentar.

    Comentários

    • Este artigo ainda não tem comentário. Seja o primeiro a comentar!