Pub
Por: Carlos Barros

Foto Carlos Barros 400 400

PAICV teve sempre como seu fio condutor, em todo o seu percurso, o sentido e a necessidade de transformação/mudança deste País. Essa mudança, muitas pessoas devem ter percebido que aconteceu e é algo que se podia verificar ainda mais, mas, nesta altura, há este abrandamento derivado da conjuntura atual do partido encontrar-se em situação de oposição.

As vitórias do PAICV trouxeram muitas outras vitórias, das quais cito algumas; vitória da liberdade, da igualdade e da democracia sobre a opressão e a desigualdade; vitória do carácter e da inteligência sobre a ignorância; e acima de tudo é a colheita do fruto de tantas batalhas e sofrimentos pelos mesmos direitos e pela mesma justiça social, iniciados desde os tempos da luta armada. Enfim, é a vitória da História sobre a própria História.

Todos do PAICV que ainda recentemente lutaram por estas causas, aonde quer que hoje eles estejam, que saibam que temos de lutar pela elevação desse Partido ao Poder em 2020/2021! Porque esta vitória também tem de nos pertencer a todos, para que o tão almejado e alimentado “sonho da igualdade”, shall be realized neste arquipélago.

A desigualdade que vivemos hoje não vai repor a igualdade e a justiça social e não vai acabar com a pobreza e o desemprego porque isso só é possível com um árduo trabalho para a frente e para o país de todos nós. Agora, o que é preciso na minha opinião, e o que se quer, é unirmo-nos como um só, apostar no diálogo e a partir de aí quebrar as barreiras do multilateralismo e abrir o caminho para novos diálogos, para o bem total do partido e de Cabo Verde. Somos esclarecidos para a melhor escolha, mas é preciso deste TPC para o unilateralismo e para a tão desejada mudança.

É preciso que cada um de nós, crianças, adolescentes, jovens e adultos, tenha em mente o sentido das suas devidas responsabilidades e contribuir com a sua dedicação para enfrentar os desafios que o nosso país nos apresenta a cada dia e assim dar o passo decisivo para uma sociedade mais justa, mais próspera e mais humana, e penso que tem que continuar pelas mãos deste partido.

Janira Hoffer Almada é uma mulher de fé e de ideias progressistas. Lembremo- nos que é da soma das particularidades que se constrói o todo.

Que esta palavra de coragem demonstrada sirva para se perceber a lógica deste meu artigo e em manter e escolher um presidente futuro do PAICV, que sirva de exemplo para o país, em especial para liderar esta Oposição, que muito inspira em afirmar-se como uma potência em 2020/2021.

É, definitivamente, nosso dever - de todos nós – apostar numa liderança à altura, sobretudo, numa sociedade actual como a nossa, uma sociedade com cada vez mais jovens capazes e exigentes para que haja a mudança e inovação de paradigmas.

Bem-haja.

Comentários  

0 # Torres 11-06-2019 13:19
Parabéns! ilustre. esperemos que as singelas palavras sejam entendidas e atendidas.
Responder
+2 # Adalberto Varela 11-06-2019 08:46
Excelente artigo de opinião. Parabens meu caro amigo.
Responder