Pub

Pragas Banana 696x348

A comunidade de Banana no concelho de São Domingos, interior de Santiago, apela a uma intervenção urgente do Ministério da Agricultura em vista a combater as pragas que têm atacado as plantações de milho nos últimos dias.

Em declarações à Inforpress, o presidente da Associação Comunitária de Banana, Jaime da Rosa disse que a população de Banana está a perder aos poucos o ânimo levantado com os sinais de que este ano os resultados poderão ser diferentes do que no ano passado, em que não choveu.

Segundo Jaime da Rosa, há cerca de cinco dias que uma praga, cujo nome desconhece, tem atacado as plantações de milho, para o desespero dos cerca de 80 camponeses da região que, até agora, “estavam com esperança numa boa colheita”.

“Já chamamos a Delegação do Ministério da Agricultura para virem resolver o problema. Se não chegarem dentro de 8 a 10 dias estará tudo perdido”, avançou Jaime da Rosa, dando conta que foram informados pelo pessoal da delegação que uma equipa iria ao terreno na manhã de hoje, mas que até então (por volta das 14 horas) continuavam à espera.

“Fui ter com o delegado, ele me pareceu ser um bom profissional, mas a equipa que mandou ainda não chegou”, acrescentou.

A Inforpress contatou o delegado do MA, Ermelindo Barros a esse respeito, e este responsável confirmou ter conhecimento da situação e que uma equipa já foi destacada para ir até Banana se inteirar da situação.

Com Inforpress

 



APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

A crise na imprensa mundial, com vários jornais a fechar as portas, tem um denominador comum: recursos financeiros. Ora, a produção jornalística, através de pesquisas, entrevistas, edição, recolha de imagens etc. Tem os seus custos. Enquanto está a ler e a ser informado, uma equipa trabalha incessantemente para levar a si a melhor informação, fruto de investigação apurada no estrito respeito pela ética e deontologia jornalisticas que caracterizam a imprensa privada, sobretudo.

Neste momento em que a informação factual é uma necessidade, acreditamos que cada um de nós merece acesso a matérias precisas e de interesse nacional. A nossa independência editorial significa que estabelecemos a nossa própria agenda e damos nossas próprias opiniões. O jornalismo do Santiago Magazine está livre de preconceitos comerciais e políticos e não é influenciado por proprietários ou accionistas ricos. Isso significa que podemos dar voz àqueles menos ouvidos, explorar onde os outros se afastam e desafiar rigorosamente aqueles que estão no poder.

Portanto, se quiser ajudar este site a manter-se de pé e fornecer-lhe a informação que precisa, já sabe que toda contribuição do leitor, grande ou pequena, é tão valiosa. Apoie o Santiago Magazine, da maneira que quiser, podendo ser através da conta nº 6193834.10.1 - IBAN CV64 000400000619383410103 – SWIFT: CANBCVCV - Correspondente: TOTAPTPL - Banco Caboverdeano de Negócios - BCN, ou por meio deste dispositivo do PayPal.


APOIE SANTIAGO MAGAZINE. APOIE O JORNALISMO INDEPENDENTE!

Comentar