• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Amadeu Oliveira em prisão preventiva

O Tribunal de Relação de Barlavento aplicou prisão preventiva ao advogado e deputado Amadeu Oliveira, que passa a aguardar o julgamento na Cadeia Civil de Ribeirinha, na cidade do Mindelo.

Amadeu Oliveira começou a ser ouvido no Tribunal da Relação desde as 15 horas

 O advogado e deputado Amadeu Oliveira começou a ser ouvido depois das 15 horas no Tribunal da Relação de Barlavento, em São Vicente, onde foi entregue hoje a tarde pela Polícia Nacional.

Audiência de Amadeu Oliveira suspensa

A audiência do advogado e deputado Amadeu Oliveira no Tribunal da Relação do Barlavento foi suspensa após quatro horas pelo que ele continua sob custódia da Polícia Nacional, adiantou o comandante da corporação. 

Última Hora. Amadeu Oliveira detido pela Polícia Nacional no aeroporto de São Vicente  

O Advogado Amadeu Oliveira foi hoje, por volta das 17H36, detido no Aeroporto Internacional Cesária Évora, pela Polícia Nacional (PN) em cumprimento ao Mandado de Detenção fora de Flagrante Delito, emitido contra a sua pessoa pela Procuradoria da República do Círculo de Barlavento. A informação foi avançada pelo Comando Regional da PN em São Vicente.

Amadeu Oliveira já se entregou na esquadra Especial da Polícia Anti-Crime

O advogado Amadeu Oliveira se entregou hoje à esquadra Especial da Polícia Anti-Crime, na cidade da Praia.  À entrada declarou que o actual sistema de justiça cabo-verdiana está “caduco” e preparado para o “lixar” e pediu para ser julgado em julgamento público, com o povo a assistir e a julgá-lo.

PGR escusa-se a comentar sobre quando Amadeu Oliveira poderá ser detido

O Procurador-Geral da República (PGR), José Landim, escusou-se hoje a comentar sobre quando é que o advogado e deputado nacional Amadeu Oliveira será detido após a Comissão Permanente da casa parlamentar ter levantado sua imunidade na sequência da acusação de um crime de ofensa a pessoa colectiva e dois de atentado contra o Estado de Direito.

África do Sul. Mãe atira bebé de prédio em chamas (video)

Uma mulher viu-se obrigada a atirar o filho pequeno de um prédio para o salvar de um incêndio. O fogo terá sido ateado por um grupo de pessoas que pilhavam as lojas no centro de Durban.