• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

José Maria Neves convoca Conselho da República após tensão com Governo

O Presidente da República convocou para hoje o Conselho da República, para debater as guerras e a comemoração de datas e eventos nacionais, assuntos que têm gerado tensão com o Governo e muita discussão no país.

Diplomacia. Por que estes catitas não se entendem?

O PR e o PM andam dessintonizados e não é novidade. Mas o factor Zelensky levou a crispação entre o Palácio do Plateau e o Palácio da Várzea a um outro patamar: deslealdade institucional e malabarismos retóricos. Tanto José Maria Neves quanto Ulisses Correia e Silva buscam protagonismo político e aplausos do Ocidente. E Zelensky dá audiência, condimento perfeito para o caldo fermentar e logo azedar com a postura de Cabo Verde em relação ao conflito Gaza, onde acontece um um espectáculo horrendo, sob inadmissível, mas explicável, indiferença do Governo.

ONU. Esmagadora maioria dos países aprovam cessar-fogo imediato em Gaza. Cabo Verde absteve-se

A Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU) aprovou esta terça-feira, com apoio esmagador de 153 países, uma resolução não vinculativa que exige um cessar-fogo humanitário imediato em Gaza, após o Conselho de Segurança ter falhado em aprovar a mesma exigência. Cabo Verde absteve-se, mas votou a favor das emendas aprsentadas pelos EUA e pela Áustria.

PR manifesta desagrado pela abstenção de Cabo Verde na votação da proposta de cessar-fogo imediato em Gaza

O Presidente da República, José Maria Neves, expressou hoje desagrado com a abstenção de Cabo Verde na votação realizada terça-feira, 12, na Assembleia Geral das Nações Unidas, sobre a proposta de um cessar-fogo imediato em Gaza. Em comunicado oficial, o chefe de Estado destacou que tal posição não se coaduna com os princípios fundamentais que regem a República de Cabo Verde.

Estados Unidos rejeitam apelos por cessar-fogo em Gaza

Os Estados Unidos não pretendem apoiar o apelo a um cessar-fogo em Gaza que o Secretário-Geral, António Guterres, fez hoje de forma dramática ao Conselho de Segurança, como deixou claro o representante norte-americano na ONU Robert Wood.

ONU quer justiça mais rápida em Cabo Verde para não prejudicar direitos humanos

A Organização das Nações Unidas (ONU) pediu hoje a Cabo Verde que melhore o acesso à Justiça e acelere os procedimentos judiciais para não prejudicar os direitos humanos, um desafio reconhecido pelo Governo.

Essequibo: a próxima zona de guerra é na América do Sul e opõe Venezuela e Guiana, apoiada pelos EUA

Um novo conflito armado está prestes a eclodir, desta feita na América do Sul. Tudo por causa de ouro, diamante e petróleo de Essequibo, região da Guiana que a Venezuela reclama desde sempre ser sua e que quer agora anexar. Este domingo, os venezuelanos disseram sim ao presidente Maduro para a ocupação já do território, onde empresas dos Estados Unidos já estão com interesses instalados para exploração mineral.