• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Conferência Internacional no Sal. Carta Aberta ao PM com conhecimento da Economist Intelligence Unit*

"Sr. Primeiro-ministro, não se esconda atrás do silêncio, já é uma vergonha a necessidade de esclarecimento público de certos gastos públicos, pelo que lhe desafio a explicar aos contribuintes: É verdade que os custos desta conferência na ilha do Sal vão ser no valor de 55 mil contos? A ser verdade este valor, esclareça-nos a finalidade deste gasto (quem, o que que será pago com este dinheiro)? Por último, que juízo de mérito fará diante da escassez dos recursos públicos para outras necessidades prioritárias do Estado de Cabo Verde?"

Treze de janeiro, rir ou chorar?!

São muitos os motivos para os cabo-verdianos chorarem, portanto meu caro amigo, comemorar 13 de janeiro é uma fantochada!

Administrador da RTC sugere que se meta num saco todos os jornalistas que não prestam na empresa e deitar fora. Classe repudia e pede afastamento do gestor (com vídeo)

Declarações do Administrador da RTC, Carlos Reis, em sede da Comissão Especializada dos Assuntos Constitucionais, Direitos Humanos, Segurança e Reforma do Estado, no passado dia 15 de Novembro, estão a gerar um mal-estar geral entre os profissionais da empresa. Na audição, o administrador sugeriu que se deitasse a RTC no chão e meter num saco todos os profissionais de onde se tiraria os que servem e que não servem.

ARC conclui que não houve ingerência política no afastamento de António Espírito Santo dos comentários na TCV

A Autoridade Reguladora da Comunicação (ARC) não deu como provada qualquer influência da administração da RTC ou de qualquer organismo de fora para o afastamento de António Espírito Santo do painel de analistas fixos do Jornal de Domingo da TCV. Mas adverte a Televisão pública sobre a “observância do pluralismo e da diversidade na sua programação, pois este não se resume nem tem a ver, necessariamente, com o pluralismo político-partidário”.

Juízos e pensamentos incómodos

Rescaldos de algumas decisões polémicas recentes do governo, uma leitura possível

TDT: TCV tem de apostar em novos conteúdos e de qualidade – secretário de Estado

O secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, Lourenço Lopes, disse este sábado, 10, em Santa Cruz, que a Televisão de Cabo Verde (TCV) tem de apostar em novos conteúdos e de qualidade para poder competir no mercado audiovisual.

A Administração Pública “sem djobi pa lado”!

Na era do “sem djobi pa lado” a Administração Pública conheceu os maiores retrocessos da sua história recente pelo nível de desorganização, incompetência e disfuncionalidade verificado.