• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Ministério Público manda “caçar" mais cinco suspeitos de violência baseada no género

O Ministério Público (MP) informou hoje que ordenou a detenção, fora de flagrante delito, de cinco indivíduos do sexo masculino, de nacionalidade cabo-verdiana, com idades compreendidas entre 25 e 42 anos de idade, residentes na cidade da Praia, suspeitos de vários crimes de violência baseada no género (VBG).

Portugal, Visto e CPLP

Vou correr um risco, pois sei que este assunto, para ser popular, deve ser abordado sempre num certo sentido ou com luvas de seda ou ainda – o que é pior – com a velha técnica de uma no cravo outra na ferradura. Creio, no entanto, que vale sempre a pena quando procuramos diferentes perspetivas de análise de assuntos que desencadeiam quase sempre fortes emoções, não raras vezes até condicionados por convicções políticas ou filosóficas, ou até por alinhamentos com certas categorias de teses histórico-culturais. O risco é ainda maior porque não é propriamente da ortodoxia da...

Caso Amadeu Oliveira: Alegações orais marcadas para hoje no dia em que tribunal anuncia data da leitura do acórdão

O julgamento do advogado Amadeu Oliveira entrou na recta final e hoje serão conhecidas as alegações orais, no final das quais o tribunal que julga a causa deve marcar o dia da leitura do acórdão.

D. Ximenes Belo. Vaticano diz que só soube de suspeitas de abuso em 2019

Porta-voz do Vaticano diz que o gabinete que lida com casos de abuso sexual recebeu alegações "sobre o comportamento do bispo" em 2019 e, no prazo de um ano, tinha imposto sanções.

Caso Amadeu Oliveira: Alegações finais adiadas para 11 de Outubro para permitir junção de documentos solicitados pela defesa

O tribunal que julga o processo-crime que envolve o deputado Amadeu Oliveira adiou para 11 de Outubro as alegações orais por não ter sido possível à defesa juntar aos autos documentos que solicitou junto do STJ.

“Únicas provas que existem contra mim são artigos de jornal, e-mails e WhatsApp descontextualizados” , afirma Amadeu em sede de julgamento

O advogado Amadeu Oliveira, acusado por quatro crimes, declarou ao cair da desta terça-feira, durante o seu julgamento, que existe uma “narrativa criada” para o condenar e que as “únicas provas” que existem contra si são artigos de jornal, e-mails e texto de WhatsApp “descontextualizados”.

Caso Amadeu Oliveira: Sessão marcada por acusação de testemunha a procurador enquanto defesa reitera “violação de imparcialidade” pelo tribunal

O 28º dia do julgamento do advogado Amadeu Oliveira ficou esta segunda-feira, 26, marcado pela acusação da testemunha António Monteiro, deputado, ao procurador Vital Moeda, que acusou de lhe fazer “perguntas insultuosas” durante a inquirição.