• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Debate sobre Estado da Justiça. Uma Luz é preciso sobre a defesa dos Direitos das Crianças

O futuro é construído no presente. Por isso, chamo aqui a atenção do parlamento, das demais autoridades, da sociedade no geral, para a situação de muitas crianças que vivem em perigo de serem as próximas vítimas de abuso e exploração sexual, para se juntarem às instituições da sociedade civil que trabalham na visibilização das causas da infância e denunciam a violação dos direitos das crianças.

Parlamento. PAICV acusa Governo de falhar no combate à morosidade da Justiça

O PAICV acusou hoje o Governo de falhar nas políticas públicas de combate à morosidade processual e à criminalidade, ao avaliar hoje no parlamento o estado da Justiça no país, pedindo mais meios.

Ex-autarca de São Domingos, Clemente Garcia, não comparece a julgamento por crimes de abuso de poder e falsidade

O ex-presidente da Câmara Municipal de São Domingos, Clemente Garcia, não compareceu hoje, 28, ao julgamento de um caso onde o mesmo é acusado de crimes de abuso de poder e um crime de omissão de declaração ou inserção de falsidade em registo ou documento. Um processo em que terá usado os seus poderes enquanto presidente da Câmara para beneficiar a própria mãe. Ao que consta Garcia estará fora do país, o que leva os seus opositores neste litígio a acreditar que ele terá fugido para não ir a julgamento.

Detido mais um suspeito de envolvimento em tiroteio de Achada Mato

A Polícia Nacional (PN) de Cabo Verde capturou hoje um terceiro elemento, ferido, alegadamente pertencente ao grupo que provocou um tiroteio em Achada Mato na terça-feira que terminou com a morte de outro dos suspeitos.

Grupo armado atira contra homem e bebé de dois anos. Um dos atiradores morre em troca de tiros com a PN

Três indivíduos numa viatura atentaram contra a vida de um homem de 36 anos, ontem, 25, em Achada Mato, na Praia. A bala atingiu a vítima e também um bebé que ele carregava no colo, ficando ambos feridos. Agentes da Polícia intervieram e na troca de tiros uma bala atingiu um dos elementos do grupo que acabou por falecer.

Justiça, Insegurança e impunidade descarada *

O arquivamento do “processo Zézito Dente D’Oru” não é sinónimo de justiça, mesmo que fosse definitivamente encerrado. Eu nasci para defender as causas justas… Por isso escolhi polícia, de princípio ao fim…

Ministério Público arquiva processo Zezito Dentid’Oru. PJ ilibada de crime de "homicídio agravado"

O Ministério Público ordenou o arquivamento do processo-crime que a investigava as circunstâncias em que Zezito Denti d’Oru foi metralhado até à morte em Outubro de 2014, na Cidadela, Praia, por um grupo de operações da PJ, o que iliba todos os visados, agentes da judiciária (pelos menos três já haviam sido acusados) e, principalmente, o actual ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, de eventual julgamento.