• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

São os nossos próprios governantes os primeiros a rebaixar a língua cabo-verdiana, criando uma falsa hierarquia num sistema axiológico dicotómico

Palavras de José Luiz Tavares, poeta natural do concelho do Tarrafal, ilha de Santiago, afirmando ainda que “é connosco os impenitentemente crioulófonos, nós os resolutamente lusógrafos, que o bilinguismo efectivo trilhará as estradas do futuro”. Confira na íntegra esta entrevista concedida a propósito da sua recente tradução para o crioulo de Ode Marítima, de Álvaro de Campos, um dos heterónimos de Fernando Pessoa.

Portugal. Centro Cultural Cabo Verde acolhe apresentação de obra de Fernando Pessoa traduzida para crioulo cabo-verdiano

O Centro Cultural de Cabo Verde, em Lisboa, acolhe o Lançamento do livro “Odi Marítimu” de Fernando Pessoa, traduzido para cabo-verdiano por José Luiz Tavares no próximo dia  8 de Junho, às 18h30, hora local. A obra tem a chancela da Editora Abysmo e o CCCV – Centro

Morreu em Mindelo o intelectual e político Onésimo Silveira

A ilha de São Vicente e Cabo Verde perderam hoje uma ilustre figura com o falecimento na manhã de hoje, no Mindelo, de Onésimo Silveira, primeiro presidente da câmara de São Vicente, em democracia, vítima de doença prolongada.

Karina Moreira: Oficializar o Crioulo é valorizar toda a nossa história e identidade

Há mais de seis anos, ela dedica-se à investigação da língua materna, trabalhando com recolha de dados orais em imersão linguística. Nas visitas às localidades ela conversa, escuta e grava os falantes, num registo real e atual da língua crioula. Karina Moreira, natural da ilha de Santiago, é jornalista, linguista e uma das grandes defensoras da definição de politicas linguísticas nacionais e do ensino da língua materna nas escolas do país. Trabalhando hoje como professora universitária da Língua Cabo-verdiana, Karina defende, o quanto antes, a Oficialização do Crioulo, esta...

Jorge Santos. "A deposição de flores no memorial Amílcar Cabral é sinal de respeito e valorização da história"

O Presidente da República interino, Jorge Santos, classificou esta quarta-feira, 20, a deposição de flores no memorial Amílcar Cabral como sinal de respeito e valorização pela história de Cabo Verde “num dia que simboliza os heróis nacionais”.

O Mito de Anteu em Princezito

Apontamentos para o estudo da obra de Carlos Alberto Sousa Mendes

Óbito/Teobaldo Virgínio. Cabo Verde perdeu um dos maiores vultos da sua cultura

O presidente da Academia Cabo-verdiana de Letras (ACL) considerou este sábado, 5, que Cabo Verde perdeu um dos “maiores vultos” da sua cultura contemporânea que contribuiu muito para a afirmação e a projeção da cabo-verdianidade na diáspora e no mundo.