• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Cidade Velha. Vereador desprofissionalizado por “favorecer munícipes afectos ao PAICV”

Deputados do MpD colocaram a Câmara e o seu presidente contra a parede: ou mantém o vereador Apolinário das Neves ou perde o apoio da bancada ventoinha. Manuel de Pina preferiu o apoio do partido.

“Temos uma relação positiva, real e de muita transparência entre as bancadas municipais”

Final do primeiro ano de mandato, época de se fazer o balanço. Em exclusivo para o Santiago Magazine, José Alves resume o que foi feito e o que ainda falta por fazer à frente da Camara Municipal de Santa Catarina de Santiago, num clima de confiança, porque como diz, reina uma “relação positiva, real e de muita transparência entre as bancadas municipais”.

JpD elege nova coordenação em Santa Catarina de Santiago

Santa Catarina de Santiago acolheu este sábado a primeira Assembleia Concelhia Electiva da Juventude para a Democracia (JpD) do município.

“Não devemos sentar à sombra da bananeira e deixar alguém pensar por nós e decidir por nós”

Palavras de Virgínia Dias, cabo-verdiana, emigrante em Portugal há 18 anos, activista social e política, candidata municipal nas eleições autárquicas de 2017 no concelho de Seixal pelo Partido Socialista. Partilha com Santiago Magazine os desafios e as oportunidades de participar do “espaço público e político” enquanto mulher e emigrante em Portugal.

Cabo-verdiana é candidata a deputada municipal pelo PS em Portugal

Virgínia Dias, natural do concelho de São Miguel na ilha de Santiago e emigrante em Portugal há 18 anos, é uma das candidatas a deputada municipal no município de Seixal, pelo Partido Socialista (PS), nas eleições autárquicas de 2017.

JpD organiza estruturas concelhias em todo o país

O acto está previsto para 16 de Julho e conta-se eleger os delegados para as assembleias concelhias em todos os concelhos do país.

PAICV em São Miguel acusa CM de violar regulamento do concurso

É um concurso externo realizado pela Câmara Municipal de São Miguel em que quem saiu aprovado faltou a prova escrita e é esposa do director de Urbanismo da Câmara Municipal. PAICV entende que houve violação do regulamento do concurso, com jogos de influência e pede anulação do processo.