• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Autárquicas 2024: PAICV tem “ambição clara” de vencer todas as câmaras municipais da região Santiago Norte

A presidente da Comissão Política Regional (CPR) do PAICV em Santiago Norte, Carla Carvalho, disse hoje que o partido tem a “ambição clara” de conquistar todas as seis câmaras municipais da região nas eleições autárquicas deste ano.

Presidência da República promove programa especial de homenagem a António Mascarenhas Monteiro

A Presidência da República promove, no próximo dia 22 de Fevereiro, um programa especial de homenagem a António Mascarenhas Monteiro, primeiro Chefe de Estado cabo-verdiano eleito democraticamente, em 1991, que faleceu a 16 de Setembro de 2016.

Santiago Norte: Presidente da República preocupado com segurança alimentar das populações mais vulneráveis

O Presidente da República manifestou-se hoje preocupado com a problemática da segurança alimentar no país, sobretudo das populações mais vulneráveis, pelo que pediu que se tome atenção para que se possa melhorar a qualidade de vida das pessoas.

José Maria Neves pede diálogo para evitar saídas da CEDEAO e reforma da União Africana

O Presidente da República pediu hoje diálogo para evitar que Burkina Faso, Mali e Níger saiam da CEDEAO e defendeu uma reforma na União Africana, para uma divisão de tarefas com as organizações sub-regionais e os diferentes Estados.

Ninguém acredita nos políticos

A sociedade exige uma abordagem mais transparente e eficiente por parte dos políticos. A gestão cuidadosa da reputação torna-se o alicerce para convencer eleitores desacreditados. Resta saber se a politica cabo-verdiana está pronta para esta transformação.

Há uma postura pública em falta na REPÚBLICA

No Estado de Direito Democrático, em matéria política e creio também jurídica, a responsabilidade tem o caráter redistributivo e nunca coletivo. A Presidência da República já assumiu o critério causal e o critério final da responsabilidade do ato. Assumiu a PR ter efetuado o ato e que, em decorrência, se ficar provada a ilegalidade irá repor a quantia recebida. Contudo, os cidadãos aguardam, e é inadiável, a “assunção normativa” da responsabilidade, pelo líder do Governo e a maioria que o sustenta no Parlamento, que visa também, de entre outras, dar regras jurídicas...

Dividir para reinar

A defesa nacional e as Forças Armadas encontram-se numa crise profunda que, dia a dia, parece ser mais complexa e já não se sabe bem por que razão como começou, nem como poderá acabar e quando, mas não é fomentando a divisão que se consegue prestigiar as nossas Forças Armadas.