• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Cibersegurança entre os desafios da estratégia Cabo Verde Digital

A cibersegurança e a gestão de conteúdos sensíveis estão entre os principais desafios para Cabo Verde se transformar numa plataforma digital em África até 2030, detalha o Governo, no contexto da preparação estratégica para redes 5G.

A Educação como Motor do Desenvolvimento

Infelizmente, a comunidade internacional não ajuda os países a se tornarem desenvolvidos. O esforço terá de ser feito, de forma endógena, até para dar sustentabilidade ao processo! É aqui que o reforço do capital humano e do capital social ganham valor e peso, como incontornáveis, e a educação se afirma como o motor do desenvolvimento. Dar corpo a esse desiderato, passa, seguramente, por uma forte aposta naquilo que se convencionou chamar de indústria do conhecimento e esta passa, necessariamente, por uma forte aposta numa educação inovadora e de excelência em Cabo Verde.

Novo diretor da PJ diz que “pessoas infiltradas” em instituições do Estado apoiam o crime

O novo diretor da Polícia Judiciária (PJ), Manuel da Lomba, alertou esta quarta-feira, 17, para a existência de “pessoas infiltradas” em instituições do Estado que apoiam a prática de crimes.

Água das garrafas de plástico tem até 100 vezes mais partículas do que estimado

A água das garrafas de plástico contém até cem vezes mais partículas minúsculas de plástico do que estimado até agora, segundo um estudo divulgado na segunda-feira.

Livro de Neusa Lopes à venda na Amazon... e em versão portuguesa

Após o grande sucesso do “Educating trough Pandemic. Traditional classroom vs Virtual space -  The Education Realm”, a autora cabo-verdiana Neusa Lopes lança a segunda edição deste ensaio com duas novidades: o livro está à venda online na prestigiada Amazon, portanto acessível de qualquer parte do planeta, e em português (Educar durante a Pandemia. Aula tradicional vs espaço virtual – O domínio da Educação), para gáudio do público cabo-verdiano que reclamava uma versão na sua língua de trabalho.

POESIA ORAL – BATUKU DI KABU BERDI - II

O crescente interesse verificado na investigação parece estar ligado às suas várias repressões e repúdios antes da Independência Nacional como se constituindo enquanto uma ação de resistência, de luta para a manutenção da cultura. Com a IN – valorização de tudo que era visto como cabo-verdiano – o Batuku foi retomado e aceite no quotidiano das pessoas e hoje património nacional.

Diplomacia. Por que estes catitas não se entendem?

O PR e o PM andam dessintonizados e não é novidade. Mas o factor Zelensky levou a crispação entre o Palácio do Plateau e o Palácio da Várzea a um outro patamar: deslealdade institucional e malabarismos retóricos. Tanto José Maria Neves quanto Ulisses Correia e Silva buscam protagonismo político e aplausos do Ocidente. E Zelensky dá audiência, condimento perfeito para o caldo fermentar e logo azedar com a postura de Cabo Verde em relação ao conflito Gaza, onde acontece um um espectáculo horrendo, sob inadmissível, mas explicável, indiferença do Governo.