• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Presidente da CM da Boa Vista vai pedir auditoria às contas da gestão anterior

O presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, Cláudio Mendonça, disse ontem, 27, que pretende fazer uma "auditoria pedagógica" para saber a situação económico-financeira do município.

Paulo Monteiro, novo Inspector-geral da IGAE, quer recuperar confiança dos operadores

O novo inspector-geral das Actividades Económicas (IGAE) disse esta quinta-feira, 26, que um dos três pilares da sua gestão vai ser “restabelecer rapidamente” a confiança junto dos operadores económicos do país.

Direito de Resposta. CMP reage à notícia de Santiago Magazine sobre "actos administrativos à margem da lei"*

Na sequência da notícia vinculada no Jornal online Santiago Magazine, publicado no dia 03 novembro intitulada: “CMP viola estatutos dos municípios e pratica atos administrativos à margem das leis da República”, vimos pela presente repor a verdade dos factos, ao abrigo do direito de resposta, nos seguintes termos:

Cabo verde quer arrecadar 600 mil contos com taxa paga pelos turistas em 2021

Cabo Verde espera arrecadar no próximo ano 613 milhões de escudos com a taxa paga obrigatoriamente pelos turistas, recuperando da quebra para metade estimada para 2020, devido à pandemia de covid-19

CMP viola estatutos dos municípios e pratica atos administrativos à margem das leis da República

Até a tomada de posse da nova Câmara eleita, as competências das Câmaras Municipais cessantes ficam reduzidas á mera gestão corrente. Entretanto, informações chegadas à redação de Santiago Magazine dizem que a Câmara Municipal da Praia (CMP) tem estado a extravasar essas competências - chegou inclusive a abrir concurso público de empreitada - violando os estatutos dos municípios de Cabo Verde e demais leis da República.

Aprovação de documento final sobre mobilidade na CPLP passa para julho de 2021

O embaixador de Cabo Verde em Lisboa, país que preside à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), disse esta quinta-feira, 29, que o projeto de mobilidade só será aprovado no Conselho de Ministros dos Negócios Estrangeiros em julho de 2021.

Com uma gestão criteriosa a Cruz Vermelha assegura as responsabilidades sociais e humanitárias em tempo de pandemia!

A pandémica crise causada pela Covid-19 abalou um pouco, mas a excelente estrutura organizativa e capacidade de trabalho permitiram à Cruz Vermelha de Cabo Verde manter a cabeça fora de água e funcionar de forma desafogada, garante o director Administrativo e Financeiro da organização, Afonso Tavares, que aponta o crescimento das receitas em 9,8% e a gestão eficiente dos recursos como factores determinantes para assegurar a estabilidade e a vitalidade da CVCV nestes últimos três anos (2017-2020) do primeiro mandato do já renovado Conselho Directivo.