• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Cabo Vede confirma presença na Cimeira Israel-África

Agora, é o ministro dos Negócios Estrangeiros que vai sentar-se com Benjamin Netanyahu e dizer-lhe até onde Cabo Verde, além dos ganhos, está disposto a ceder nas relações diplomáticas com Israel.

"Desavisados e boiada de serviço", escreve nota do Governo

Sobre o caso “Apoio a Israel” Ulisses Correia e Silva atira a toalha ao chão e chama quem tiver leituras diferentes de “desavisados e boiada de serviço”. Imagine, caro leitor, o que pensa o primeiro-ministro de todos os cabo-verdianos!

Jorge Carlos Fonseca desmente Netanyahu

  Cara Editora do Jornal on-line Santiago Magazine,   Serve esta para remeter-vos, uma vez mais, a nota em apreço, solicitando, desta feita, a devida publicação, estribada no direito de resposta. Melhores cumprimentos O Assessor, António FG Miranda Comunicado de imprensa: Reação à notícia Cabo Verde apoia Israel. Presidência da República assume tweet de Benjamin Netanyahu.

Cabo Verde apoia Israel. Presidência da República assume tweet de Benjamin Netanyahu

Presidência da República compartilhou o tweet do primeiro-ministro israelita, no qual Benjamin Netanyahu afirma que Jorge Carlos Fonseca lhe garantiu que Cabo Verde, a partir de agora, não vai votar contra Israel em nenhuma resolução da ONU.

Cabo Verde declara apoio total a Israel. Para qualquer resolução junto da ONU

Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, garantiu a Benjamin Netanyahu que, doravante, Cabo Verde não irá votar contra Israel nas Nações Unidas. Definitiva e independentemente do assunto a ser avaliado.

A destruição do PAICV e a democracia cabo-verdiana

E de repente a democracia cabo-verdiana se descobre num terreno pantanoso. E o perigo de se afogar no lodaçal do imediatismo e das oportunidades conjunturais é hoje uma hipótese cada vez mais real, evidente, verificável, não exigindo qualquer esforço de análise ou estudo mais aprofundado, só possíveis aos mais avisados. Porque o povo já deu conta do estado das coisas e não está contente com o que passou a ver e a perceber.

Portugal. Pessoas carbonizadas, aldeias evacuadas, e muitos desaparecidos no pior incêndio de sempre

Os números são assustadores e não param de aumentar: 57 mortos, dezenas de feridos e desaparecidos num incêndio em Leiria. A ajuda espanhola já chegou e a francesa está a caminho da “tragédia maior”.