• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Eleições internas no MpD. Regulamento eleitoral ferido de ilegalidade

A jurista Andyra Lima elencou hoje, na Praia, um conjunto de “ilegalidades” presentes na proposta de regulamento eleitoral das eleições para o presidente do MpD a ser apresentada na reunião da direcção nacional do MpD, este sábado.

Secretário-geral do MpD acusa PAICV pelo bloqueio nas eleições dos órgãos externos ao Parlamento

O Secretário-geral do Movimento para a Democracia (MpD), Luís Carlos Silva, acusou hoje o PAICV pelo bloqueio nas eleições dos órgãos externos ao Parlamento, salientando que a situação é complicada porque não há confiança de ambas as partes.

PAICV recusa-se a sentar à mesa com o Governo até receber um pedido de desculpas do primeiro-ministro

O presidente do PAICV, Rui Semedo, acusou hoje o Governo de menosprezar os partidos da oposição e adianta que só estará disponível para sentar-se à mesa com o executivo após um pedido de desculpas por parte do primeiro-ministro.

Vamos armar o cabo com conhecimento  

E em conversa com um amigo, ele definiu cidadão do bem da seguinte forma “É um cidadão que vai ter chances de conseguir porte de arma, e consequentemente puder comprá-las, e são os mesmos que criaram os guetos por causa das suas políticas discriminatórias, que levaram a que "filhos da mãe" não tivessem boa educação e caíssem na má vida e no crime.

MORDIDA VENENOSA? Que seja. Antídoto existe para tudo

Sua excelência, Senhor Presidente da República não pode, constitucionalmente, vetar o OE, mas pode e deve o homologar com ressalvas e reservas públicas. Enquanto Chefe do Estado deve ser o garante moral-mor dos procedimentos e decisões que são alçadas em nome do Estado. Se ao homologar o OE, através de uma declaração pública, der uma boa mordedura ao instrumento, por mais venenosa que esta venha aparecer, estará, numa outra perspectiva, a fazer jus do seu poder de magistratura de influência em matéria da racionalização da máquina pública pela via do reajustamento...

OE’2023: Primeiro-ministro diz que propostas da oposição eram “mais para complicar do que para resolver”

O primeiro-ministro afirmou hoje que as propostas dos partidos da oposição, apresentadas durante a discussão do Orçamento do Estado para 2023 (OE’2023), no parlamento, eram “mais para complicar que para resolver os problemas”.

Parlamento rejeita proposta do PAICV para isenção da taxa turística aos cidadãos nacionais

O parlamento rejeitou hoje a proposta do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) para a isenção da taxa turística aos cidadãos nacionais e, em contrapartida, aprovou o aumento da taxa dos 220 escudos para 276 escudos.