• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

"Herdámos uma dívida pesadíssima na CM da Praia, mas estamos a preparar uma revolução a nível da gestão para sair desse estrangulamento"

Entrevista exclusiva com o presidente do maior município do país. A crise política na Câmara Municipal da Praia, herança da gestão anterior, os desafios que tem pela frente e as contas de gerência. Francisco Carvalho fala de tudo e sobretudo da revolução que quer empreender a nível da gestão camarária de modo a recuperar a saúde financeira do município. Sim, porque segundo Carvalho "no momento derradeiro no período antes da eleição houve uma forte movimentação no sentido de esvaziar o cofre da Câmara. A Câmara estava muito endividada por um lado e, por outro, houve uma...

Os “Coveiros” do Mercado de Coco. Ou de como a culpa morre solteira…

Três eminentes figuras do cenário político cabo-verdiano assumem a identidade de “Coveiros” de mais de um milhão de contos enterrados nesta que também é chamada de “Obra de Santa Engrácia” - Ulisses Correia e Silva, presidente do MpD e primeiro-ministro de Cabo Verde; Óscar Santos, presidente da Câmara Municipal da Praia até 20 de novembro de 2020, e atual Governador do Banco de Cabo Verde; e Alberto Melo, Beta, atual presidente da Comissão Política Regional de Santiago Sul do MpD. Em 2011 era Ulisses Correia e Silva presidente da Câmara Municipal da Praia, e foi ele o...

Mercado de Coco. Mais de 1 milhão de contos já enterrados e sem data de conclusão à vista. Francisco Carvalho fala em “obra da vergonha”

Cerca de um milhão contos já consumidos, em 10 anos de construção, a obra do Mercado de Coco ainda vai longe da conclusão, tendo passado pelas mãos de 3 empresas de construção: Construções de Cabo Verde (CVC), Sogei e Consórcio Elevolution/Construção Barreto. Com orçamento inicial de cerca de 350 mil contos, esta “obra da vergonha”, como adjetivou o presidente da Câmara Municipal da Praia, Francisco Carvalho, já atingiu uma derrapagem financeira de mais de 300 por cento, prevendo-se que até 2030 poderá custar só em juros junto da Bolsa de Valores acima de 520 mil contos.

CMP diz que não parou as obras municipais. “As empresas abandonaram as obras logo após as eleições”

A Câmara Municipal da Praia (CMP) chamou a imprensa esta manhã, para partilhar com o país a situação das obras municipais herdadas da gestão anterior, em jeito de respostas aos ataques do MpD, segundo os quais a atual equipa liderada por Francisco Carvalho terá abandonado as obras municipais, supostamente por "incapacidade" ou "impreparação" para o exercício do cargo. O vereador Samilo Moreira, recusa os ataques e afirma que “a Câmara Municipal não parou as obras. As empresas é que abandonar as obras, ou por desconfiança em relação à própria empreitada ou por causa das...

A queda do gigante de pés de barro

"Este governo insensível, depois de receber um forte aviso nas eleições autárquicas, virou fadjadu. Agora, às vésperas das eleições anda a distribuir bicicletas para os peixeiros, paga as faturas de luz e água dos endividados e possivelmente antes do dia 18 distribuirá cheques para compras nos minimercados do país"

Mercado do Coco vai virar espaço público de lazer para as famílias

A Câmara Municipal da Praia vai suspender as obras do Mercado do Coco para o transformar num espaço público de lazer para as famílias do município.

Fundo do Ambiente. PAICV diz que MpD quer fazer justiça com as próprias mãos

Em conferência de imprensa, na cidade da Praia, Rui Semedo, vice-presidente do PAICV e líder da bancada parlamentar, disse que o MpD “não estava interessado na justiça, mas sim numa tentativa grosseira de manipular e instrumentalizar a justiça para perseguir membros do PAICV e cidadãos inocentes para condicionar a participação política e colher dividendos políticos e eleitorais.”