• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

COP27. Cabo Verde pode cobrar até 200 milhões de dólares em “dívidas por natureza”. Mas não o faz e nem quer saber

O arquipélago de Cabo Verde terá um valor ecológico estimado em 200 milhões de dólares, que poderia cortar a dívida soberana do país, que está em 117 milhões de dólares, em troca de protecção do ecossistema. O assunto foi discutido em Sharm-El Sheik, Egipto, onde decorre a Cimeira do Clima COP27, mas, segundo avança a Reuters, a representação cabo-verdiana nem prestou atenção.

UCID anuncia voto “não favorável” ao OE’2023 que classifica de “inadequado” à realidade reinante

A União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID, oposição) avisou hoje que não vai votar favoravelmente o Orçamento do Estado para 2023 (OE’2023) na generalidade por considerar o documento “inadequado” à realidade reinante no País e no mundo.

Apresentação do livro “Pedreira dos Húngaros”, de Manuela Cardoso.

É um livro de memórias, um inequívoco contributo para ajudar a compreender a história da emigração cabo-verdiana em Portugal. a Autora viveu com os pais, naquele Bairro de 1970 até ao princípio dos anos 90, altura em que veio para Londres; no livro, retrata a sua experiência e a de muitos cabo-verdianos, oriundos sobretudo da ilha de Santiago, e seus descendentes, em Portugal. Uma história de amor pela terra que deixaram, de paixão pela cultura, pelas tradições e costumes que vão passando de geração em geração e que não se perdem com a emigração, ao contrário:...

Matar "pretos" em Cabo Verde não é crime

...dia 25 de outubro de 2017, uma 4ª feira, na zona de Achada Fátima, cidade de Pedra Badejo, freguesia de Santiago Maior no concelho de Santa Cruz, na república de Cabo Verde, logo de manhã, um jovem de nome Filomeno Ramos, conhecido por Pétxa, dirigiu-se à uma casa onde morava EDMILSON FERNANDES TAVARES, conhecido por DECO, de 35 anos de idade e perguntou a uma vizinha, a Maria do Lindo, se não vira a Dina, uma das irmãs do DECO. A Maria respondeu-lhe que a Dina havia acabado de sair. E Petxa disse-lhe que, num despenhadeiro, por detrás da casa da Dina havia uma pessoa...

Algumas reflexões a propósito do livro de João Paulo Tavares de Oliveira intitulado A UTOPIA NO ROMANCE BIOGRAFIA DO LÍNGUA, DE MÁRIO LÚCIO SOUSA* - 3ª Parte

Como é também sabido, as várias tentativas de renovação das concepções marxistas e marxistas-leninistas mediante a conceptualização de um estado democrático-revolucionário socializante de transição, alternativa à - ou complementar da - concepção da ditadura do proletariado como o estado típico de transição revolucionária, acabaram por soçobrar e frustrar-se, falindo na prática concreta dos países que transitoriamente as experimentaram, na medida em que cedo foram submergidas pelo cerco imperialista e pela alegadamente premente necessidade da agudização da luta...

Ulisses Correia e Silva anuncia recandidatura à presidência do MpD e coloca foco na união do partido

O presidente do MpD e primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, anunciou este sábado, 15, a sua recandidatura à presidência do partido que dirige, “em nome da estabilidade política”, compromisso firmado durante a abertura do ano político 2022/2023.

Decreto-lei 56/2019. Transparência ou licenças para garantir “tachos” aos amiguinhos sob camuflagem do concurso?  

...é fácil de perceber que o Decreto-lei nº 56/2019 de 31 de dezembro surgiu não para valorizar o mérito, mas para salvaguardar os tachos dos amiguinhos e compadres. Pois, senão vejamos: num concurso denominado público e externo, cujos métodos de avaliação e seleção são, normalmente, três etapas, após a Triagem curricular, ou seja, Prova de conhecimentos, Provas de avaliação de competências, motivações ou aptidões e Entrevista de seleção. Entusiasmado, o candidato prepara-se com rigor para a Prova de conhecimentos na esperança de ser o melhor dentre os candidatos. Mais...