• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

MpD diz que Luís Filipe Tavares assumiu “erro de avaliação” ao pedir demissão do Governo

A secretária-geral do MpD disse hoje que o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Felipe Tavares, assumiu publicamente o “erro de avaliação” na nomeação do cônsul honorário na Flórida, ao apresentar o seu pedido de exoneração ao governo.

"É bom candidato a PR, tem requisitos e perfil adequado". Ulisses quer decisão "não demorada" do partido sobre candidatura de Veiga

O presidente do MpD, Ulisses Correia e Silva, acha que Carlos Veiga é um “bom candidato” às eleições presidenciais deste ano, mas declarou que a decisão quanto ao seu apoio vai ser tomada nos órgãos próprios.

André Ventura avisa Cabo Verde a preocupar-se "com sua política interna" e não com o Chega

O líder do Chega, partido português de extrema direita, reagiu à demissão de Luis Filipe Tavares, por causa da polémica nomeação do multimilionário apoiante do Chega, Caesar DePaço, como cônsul de Cabo Verde na Florida, com uma advertência: "Cabo Verde que se preocupe com a sua política interna" e as razões por que tanto jovens cabo-verdianos chegam a Portugal sem condições "porque no seu país não encontraram um Governo capaz de dar soluções"

Governo vai exonerar Caesar DePaço como Consul na Florida

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse hoje, em São Miguel, que o empresário português César do Paço vai ser exonerado do cargo de cônsul de Cabo Verde na Flórida, nos Estados Unidos, para o qual foi nomeado recentemente, contrariando Luis Filipe Tavares, que ainda ontem garantira a continuidade do multimilionário no cargo, apesar de toda a polémica.

Cabo Verde vai manter o português César do Paço no cargo de cônsul na Flórida apesar da polémica despoletada

O Governo vai manter o empresário português, César do Paço, no cargo de cônsul honorário de Cabo Verde na Flórida, apesar da polémica despoletada na imprensa portuguesa que o aponta como um “criminoso” e patrocinador do partido Chega. Para Luís Filipe Tavares Paço é "pessoa de bem".

Ministro dos Negócios Estrangeiros pede demissão. As razões (actualizado)

O ministro dos Negócios Estrangeiros pediu a sua exoneração do Governo esta manhã - a segunda demissão em um mês. O chefe do Executivo, Ulisses Correia e Silva, aceitou. Conheça as razões que levaram Luis Filipe Tavares, vice-presidente do MpD, a pedir para deixar o Governo a 90 dias das eleições.

PAICV quer explicações sobre demissão de ministro após conotação à extrema-direita portuguesa

A presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada, exigiu explicações do Governo sobre a demissão do ministro dos Negócios Estrangeiros, após a reportagem em Portugal ter associado o governante, Luís Filipe Tavares, à extrema-direita portuguesa.