• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Político mesquinho: Dá no que dá  

Como que possuido pela raiva canina, UCS resolveu (como fez com Janira) "matar" José Maria Neves. E com a desfaçatez e a safadeza bem ao seu estilo, foi recuperar episódios, imaginem, de 2011. Há 11 anos! Foi patético ver aquele político nos comicios, em Santo Antão, S. Vicente, Santiago e no Fogo 'ta esgrovetà' nomes de ARL e MIS, em acintosa fofoca de canalhice para agitar emoções fanáticas visando: 1. ferir-de-morte a pujante candidatura de JMN; 2. insuflar algum oxigénio no exangue e anedótico manequim, Kálu. Na nossa retina UCS é linguarudo. Na cultura da ilha de Santiago...

Praia. Mais dois “caçubodistas” atrás das grades

A cidade da Praia tem desde sexta-feira passada menos dois “caçubodistas” nas ruas. Desta feita são dois indivíduos de 18 e 21 anos detidos em flagrante delito pela Polícia Nacional (PN) na sequência de uma tentativa de roubo na pessoa com recurso a armas branca e de fogo no bairro de Palmarejo.

Cabo Verde tem mais de 2.000 processos por crimes de VBG pendentes nos tribunais

Os tribunais de Cabo Verde têm pendentes mais de 2.000 processos por crimes de Violência Baseada no Género (VBG), essencialmente contra mulheres, mas o número anual de novas queixas apresentadas está a descer desde 2016, segundo dados oficiais.

Tribunal da Praia determina apresentação periódica a seis indivíduos detido por tráfico de droga e associação criminosa  

Seis indivíduos suspeitos da prática de crimes Tráfico de Estupefacientes e Associação Criminosa detidos pela Polícia Judiciária por suspeita de crimes de posse de Estupefacientes e Arma de fogo (boca bedjo) vão aguardar pelo julgamento em liberdade e se apresentando periodicamente perante as autoridades judiciais, conforme decretou o Tribunal da Comarca da Praia.

Presidenciais. Os vencedores e perdedores do domingo eleitoral

José Maria Neves levou o troféu, sim, mas há outros vencedores da eleição presidencial deste domingo, 17. Do outro lado da barricada, não foi só Carlos Veiga (ou a sua reinvenção em Kalú) que chora a perda de mais uma candidatura a presidente da República: o MpD e a UCID, e seus respectivos líderes, baixam a cabeça em introspecção pelo fraco score de Veiga, candidato para o qual deram a cara sem pejo. E, pior, após a derrota, quase sempre vem a bancarrota. Eis o rescaldo do dia em que JMN se tornou no quarto presidente eleito de Cabo Verde.

Presidenciais. José Maria Neves bate rival Carlos Veiga à primeira volta e é o novo PR de Cabo Verde

José Maria Neves foi eleito o quinto presidente da República de Cabo Verde (quarto democratamente eleito) à primeira volta das eleições realizadas neste domingo, 17 de Outubro. Com mais de 51 por cento de votos obtidos, Neves – que já lançou fogos de artifício desde a sua sede na Fazenda, Praia, em comemoração da sua vitória – “atropela” as restantes seis candidaturas e, praticamente, atira o seu principal rival neste sufrágio, Carlos Veiga, 72 anos, para fora da arena política cabo-verdiana. Ah!, e uma nota de realce para a elevada taxa de abstenção (mais de metade dos...

O meu candidato a Presidente da República e as falácias desta campanha

Durante este curto período de campanha para as eleições presidenciais, já ouvimos muitas inverdades e algumas anedotas que só contribuem para afugentar pessoas bem-intencionadas da política. Temos sete candidatos ao Palácio do Plateau, mas, com todos os requisitos para lá chegar e fazer um excelente mandato, só há um que é nada mais nada menos Dr. José Maria Neves.