• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Polícia Nacional registou em 2022 aumento de 158 armas artesanais apreendidas em relação a 2021

O director nacional da Polícia Nacional (PN) divulgou hoje os dados de ocorrências criminais de 2022, com destaque para as apreensões de armas de fogo artesanais, com o total de 478 apreensões, mais 158 do que em 2021.

Praia. Autoridades policiais cercam bairro de Achada de Santo António em mega-operação

O maior bairro da cidade da Praia, Achada de Santo António, acordou hoje sob forte aparato, por conta de uma megaoperação conjunta, envolvendo a Polícia Judiciária (PJ) e a Polícia Nacional (PN), com mandados de busca, detenção e apreensão. Foram detidas 39 pessoas.

A insustentável leveza do Governo

O primeiro-ministro, descaradamente, insiste em atirar areia para os olhos dos cabo-verdianos, numa peregrina intenção de cegar mentes e camuflar verdades insofismáveis. Há um ministro suspeito de cometer crime de homicídio? Sim. Há um dilatado proteccionismo a esse governante? É claro e cristalino. E se o gato se manteve escondido com rabo de fora, agora a manta caiu e o bicho apareceu desaforadamente nu: O Governo admitiu processar jornais – Santiago Magazine e A Nação, cá de casa, e o jornal Tal & Qual, de Portugal – por noticiarem, novamente, que Paulo Rocha estaria...

Paulo Rocha é arguido na morte de Zezito Denti d’Oru, mas juíza nega realizar ACP por ter “relação pessoal e familiar” com o ministro

Mirta Teixeira, juiza do segundo juizo crime do Tribunal da Comarca da Praia, pediu escusa do processo para a realização de uma Audiência Contraditória Preliminar (ACP) solicitada pelos familiares de Zezito Denti d’Oru e em que o minisitro da Administração Interna, Paulo Rocha, está referido como arguido. Isto depois, de a Procuradoria Geral da República ter mandado arquivar o processo que investigava o suposto assassinato de Zezito, na Cidadela, ilibando os agentes da PJ liderados na altura por Paulo Rocha, que reaparece agora no processo, que já corre trâmites no tribunal, na...

Praia: PN está a investigar internamente morte de mulher que terá saltado de carro de polícia em movimento

​A Polícia Nacional (PN) está a investigar internamente o caso da mulher que morreu após ter, supostamente, saltado de um carro da PN em movimento neste final-de-semana, na Cidade da Praia.

Um sonho roubado

Eu considero muito grave a exclusão de uma pessoa que conseguiu um lugar, por mérito próprio, mediante um concurso público muito competitivo, do jeito como esse jovem foi descartado. Isso é feio. É pecado!!!

Praia: PN culmina operação especial de prevenção com detenção de três indivíduos e apreensão de armas

A Polícia Nacional (PN) realizou hoje uma operação especial de prevenção ao crime tendo como foco bairros da zona de Achada Santo António, acção que culminou com a detenção de três indivíduos e apreensão de armas.