• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Manifestação 5 de Julho. Fogo e Sal fazem eco de São Vicente

A manifestação popular em São Vicente, prevista para amanhã, 5 de Julho, já contagiou outros pontos do país. Em Chã das Caldeiras (Fogo) e no  Sal há gente disposta a sair às ruas.

Guerra no PAICV. Comissão de Jurisdição confirma queda da CPR de Santiago Sul e convoca novas eleições

Direcção Nacional do PAICV também já virou as costas a Nelson Centeio, líder do partido em Santiago Sul desde Fevereiro, mas que acaba de cair, segundo deliberação da Comissão Regional de Jurisdição dos tambarinas.

JpD. A Vez das Concelhias

Após a organização da segunda Assembleia Geral da Juventude para a Democracia (JpD), que elegeu os novos dirigentes nacionais, nos dias 02 e 03 de junho, agora é a vez da renovação dos mandatos das coordenações concelhias. Algo que começa a acontecer a partir do dia 16 de julho. Pela primeira vez, estas eleições irão acontecer em Assembleias Concelhias (AC), com a apresentação e discussão das moções de estratégia global e outros documentos importantes no desempenho das tarefas que lhes são atribuídas pelos estatutos da JpD.

José Eduardo dos Santos convida Pedro Pires e JM Neves para observar eleições em Angola

Ao todo são 3 mil observadores, angolanos e estrangeiros, para acompanhar as eleições de 23 de Agosto próximo em Angola. Pedro Pires e José Maria Neves integram a missão.

PAICV. Caiu a Comissão Política Regional de Santiago Sul

13 dos 18 membros da Comissão Política Regional (CPR) de Santiago Sul, liderada por Nelson Centeio, acabam de formalizar o seu pedido de demissão do cargo à Comissão Regional de Jurisdição e Fiscalização (CRJF). E quando assim acontece cai o órgão no seu todo, nos termos do artigo 18 do regimento do PAICV.

Investimento público em São Miguel deveria priorizar as pessoas

Ambiente formidável, ar puro, traços específicos e magníficos, de uma conjugação harmoniosa entre várias linhas dos contornos que parecem um rabiscado suave e cuidadoso. A essência do filosofar o belo se faz numa interpretação silenciosa, à medida que se prossegue contemplando às lindas curvas das orlas litorâneas, os mantos brancos que se formam ao longo da água azul e cristalina quando se escuta o soneto nos rebombar das ondas, nas outras perspetivas, os traçados imperfeitos que unem “kobon, ladera, e kutelu”, ainda os passos firmes em terra agreste de gente...