• Praia
  • 29℃ Praia, Cabo Verde

Veracidades (PROSOPOEMA DE ERASMO CABRAL DE ALMADA) EXCERTOS SOBRE A VIDA E A MORTE DE AMÍLCAR CABRAL  

Surpreso, / ficas planando / sobre os rostos / de repente crispados, / retesados sobre as bocas / de repente amarguradas / dos antigos companheiros / do Militante Número Um / do Nosso Glorioso Partido / do Fundador das nossas / Nacionalidades Africanas / proclamado para sempre / Herói dos Povos Soberanos / da Guiné e de Cabo Verde,

A (Re)construção do cânone literário caboverdiano pelo olhar das antologias - Quinta Parte

...a experiência bi(multi)lingue na literatura caboverdiana remonta ao poeta neo-clássico José Lopes – autor de obras em francês (com destaque para Ombres Immortelles), em inglês e, até, em latim-, passando por João Vário que, no âmbito da obra de toda a sua vida Exemplos, publicou dois livros de poesia em francês, designadamente Exemple Reistreint e Exemple Irreversible, tendo igualmente cogitado, anunciado e preparado, em larga medida, a publicação de dois livros de poesia em inglês, intitulados European Example e American Example, e culminando no poeta modernista e...

A (Re)construção do cânone literário caboverdiano pelo olhar das antologias - Primeira Parte

A cissiparidade pátrida vivenciada e praticada pelos nativistas, tanto na sua pugna cívico-política como na sua escrita jornalística e literária, foi assim um marco da sua época colonial caboverdiana e uma marca da sua profícua e poderosa passagem por essa mesma época e do seu específico legado para as gerações vindouras e para as novas gerações das diásporas, todos os dias actualizado num tempo de cada vez maiores exigências e demandas de plena cidadania nas pátrias e terras natais de acolhimento de muitos caboverdiano-descendentes, esses verdadeiros e identitariamente...

Algumas reflexões a propósito do livro de João Paulo Tavares de Oliveira intitulado A UTOPIA NO ROMANCE BIOGRAFIA DO LÍNGUA, DE MÁRIO LÚCIO SOUSA* - 2ª Parte

Por ser uma narrativa ficcional, o romance de Mário Lúcio Sousa comporta na parte referente ao antigo escravo cubano Esteban Montejo uma série de especificidades que superam o mero testemunho pessoal sobre a sua história individual de vida e as suas memórias a propósito de uma sequência de épocas da história de Cuba para abalançar-se à construção do protagonista como um menino-prodígio que, com apenas sete meses de idade, aprende a falar como se fosse um gramático e, por isso, é contactado, ainda criança, pelo Rei de Portugal, também um infante, o qual fora previamente...

Os projetos econômicos diferiram-se na industria turistica, as 9 ilhas esperam desenvolvimento!

O sistema de produção nacional tem alguns recursos, hoje ainda ou inexplorado, ou pouco explorado – Maio tem jazigos de mármore; possibilidade de exploração de indústria cimenteira que foram avaliados para uma exploração para cerca de duzentos anos; salineira; carvão vegetal; oportunidade extraordinária para instalação de indústria de conserva e transformação de pescado; praias balneares ideais para exploração de indústria turística … Santo Antão tem reserva á vista de pozolana… todas as ilhas têm potencialidades para serem exploradas e rentabilizadas e o pais é...

Ulisses Correia e Silva e o assalto ao aparelho do Estado*

O MpD vive momentos agitados, a paz podre dos consensos de conveniência foi abalada pela ousadia de um homem que, sem que nada o fizesse prever, desafiou o poder ilimitado de um líder partidário que se julga uma figura providencial e, por via dessa convicção, exige a lealdade dos fracos, dos alpinistas sociais, dos carreiristas e dos que buscam as migalhas do bodo dos poderosos.

O Eixo Sotavento. Uma proposta de desenvolvimento regional*

O Eixo Sotavento deve ser um novo eixo de desenvolvimento que abarca as quatro ilhas de Sotavento visando a integração do espaço humano, do mercado dessa região, promover as economias e em suma o desenvolvimento do interior de Santiago e das Ilhas do Maio, Fogo e Brava, combater as assimetrias regionais e promover a convergência ou seja a prosperidade compartilhada. As ilhas de Sotavento totalizam uma área terrestre de cerca de 1.799 km2, ou seja, cerca de 45% da superfície de Cabo Verde, geram cerca de 59% da riqueza nacional e albergam atualmente cerca de 365.000 habitantes e serão...